domingo, 26 de outubro de 2008

Saúde uma proposta que dar certo!

A saúde no Município de Ilhéus está vivendo momentos apreensivos, vejamos algumas situações que envolve o Hospital Regional:
Escadas que o paciente sobe pra cama enferrujadas, “ pacientes com ferimentos em membros inferiores correndo risco de pegar tétano” , as vasilhas de água criando crostas “ a água passa o dia todo na banqueta ao lado do paciente só retiram ao final da noite”, 01 cadeira de roda para dar banho no paciente ” enferrujada e com defeito nas rodinhas” para atender a 27 leitos, pacientes com feridas e amputações misturados com outros com pneumonia, doenças de pele entre outras , 01 banheiro com 02 vasos e 03 chuveiros para atender a 12 leitos e mais os acompanhantes, baldes de lixo cheios com material usados nos curativos “ chega o horário do almoço e paciente tem que conviver com o mal cheiro dos baldes”, técnicos de enfermagem fazem os curativos apresentando falta de cuidado, com ressalvas de alguns, “no geral precisando passar por uma reciclagem técnica”, enfermeiras nunca ou quase nunca acompanham os trabalhos desses profissionais”preferem pousar jalecos, sem sequer dar um bom dia ou boa tarde para os pacientes e acompanhantes “ , na hora do almoço os acompanhantes se sentem constrangidos “ as refeições são diferenciadas de funcionários para acompanhantes, funcionários recebem embaladas com papel filme e suco, acompanhantes recebem é na bandeja e sem suco. Discriminação mesmo”, o fundo do hospital está cheio de mato” local predileto para mosquito da dengue, ratos e cobras, um verdadeiro matagal” os médicos são brutos, com exceção de alguns “ nem parecem que lidam com pacientes, quando aparecem, são mal humorados nem atenção direito dão ao paciente e acompanhante, respondem rudemente as vezes nem cumprimenta seu próximo, talvez eles sejam os doentes”, estagiários de enfermagem desfilam com jalecos “ mal dão bom dia, parece que já está enraizado a coisa, nem quem está começando agora dar bom dia é falta de educação e respeito por quem está lá dentro” assistente social sem o social “ em um episódio desceu o verbo em uma mãe que acompanhava seu filho, por não está Vestindo adequadamente para o hospital, como se hoje alguém se veste adequadamente para alguma coisa, por que não perguntou se aquela mãe tinha outro tipo de roupa para vestir, questionar em um lugar adequado não a frente de todos, isso é falta de ética profissional” a falta de segurança nos leitos “pacientes são obrigados a ficar ao lado de marginais e assassinos que são levados depois de alguma ação policial ou são detentos que sofrem alguma agressão ou estão doentes, ficam algemados é bem verdade, mais as vezes ameaçam até os pacientes e acompanhantes.
Diante de tanto abandono e de tantas invasões, como podemos dizer que a saúde em nosso município vai bem? Com a palavra as autoridades competentes.

sábado, 25 de outubro de 2008

Classe média: 32% da renda vai para serviços que governo deveria fornecer

SÃO PAULO - De acordo com estudo realizado pelo IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário), o brasileiro de classe média (rendimentos mensais entre R$ 3.000,00 e R$ 10.000,00) terá 32% de sua renda comprometida com a contratação de serviços privados em substituição àqueles que deveriam ser fornecidos pelo governo.Em termos de dias trabalhados, o percentual é equivalente a 117 dias, o que significa dizer, ainda segundo a pesquisa, que, neste ano, o cidadão de classe média só começará a trabalhar para comer, se vestir, morar, adquirir bens, gozar férias e poupar no dia 1º de outubro - até 5 de junho, essa população trabalhou para pagar tributos e, de 6 de junho a 30 de setembro, ela trabalha para pagar serviços.Comparando-se o momento atual com a década de setenta, por exemplo, quando 25 dias e 7% da renda eram suficientes para a aquisição de serviços, este número é 4,68 vezes superior.Os mais onerosos
Entre os serviços que deveriam ser oferecidos com qualidade pelo Poder Público, mas que o brasileiro se vê cada vez mais obrigado a contratá-los, e que pesam demasiadamente no bolso do consumidor, estão os relacionados com educação, cujo percentual de gasto equivale a 13,34% dos rendimentos dos trabalhadores.Em seguida estão os serviços de saúde (10,97%), segurança (4,98%), previdência (2,20%) e pedágios (0,57%). Outras classesNo geral, 17,31% do rendimento médio do brasileiro é gasto para a aquisição e serviços como educação, saúde, segurança, previdência e pedágios, o que equivale a 63 dias de trabalhos.Entre os trabalhadores cujos ganhos são inferiores a R$ 3.000,00, o percentual comprometido é um pouco menor do que a média nacional, 11,85%, ou 43 dias de trabalho. Já, entre os que têm rendimentos superiores a R$ 10.000,00, os números são bem próximos aos da classe média, 32,03% para a renda e 117 dias de trabalho comprometidos.Em todos os casos, educação foi o item mais oneroso.

Na hora do voto, eleitor pensa no bolso, diz especialista

SÃO PAULO - Na opinião do consultor político e professor da USP (Universidade de São Paulo), Gaudêncio Torquato, nas eleições municipais, na hora do voto, o eleitor brasileiro opta pelos candidatos que trazem mais propostas que o beneficiem diretamente.
"O eleitor brasileiro vota realmente no candidato que tem melhores propostas para seu bolso e estômago. Nas eleições municipais, ele observa quem poderá atingir seus interesses básicos, imediatos, o que poderá melhorar no seu dia-a-dia. Aqui, ele não está preocupado com a conjuntura nacional", diz.
Torquato afirma que o fenômeno é mais presente nos extratos sociais mais humildes da população, que dependem mais dos serviços públicos. Segundo ele, campanhas que foquem em transporte público mais barato e rápido ou em um sistema de saúde mais eficiente, por exemplo, atraem mais este eleitor.
Já o eleitor das classes com maior poder aquisitivo é atraído por propostas relacionadas a trânsito, lazer e estrutura urbana. "Este eleitor quer uma cidade mais rápida, com mais parques e mais bonita", explica.
Serviços
De acordo com estudo realizado pelo IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário), em 2008, o brasileiro de classe média (rendimentos mensais entre R$ 3 mil e R$ 10 mil) terá 32% de sua renda comprometida com a contratação de serviços privados em substituição àqueles que deveriam ser fornecidos pelo governo.
Comparando-se o momento atual com a década de 1970, por exemplo, quando 7% da renda era suficiente para a aquisição de serviços, este número é 4,68 vezes superior.
Entre os serviços que deveriam ser oferecidos com qualidade pelo Poder Público, mas que o brasileiro se vê cada vez mais obrigado a contratá-los, e que pesam demasiadamente no bolso consumidor, estão os relacionados com educação, cujo percentual de gasto equivale a 13,34% dos rendimentos dos trabalhadores.
Em seguida, estão os serviços de saúde (10,97%), segurança (4,98%), previdência (2,20%) e pedágios (0,57%).

terça-feira, 21 de outubro de 2008

MACHISMO OU DISCRIMINAÇÃO?

União Brasileira de Mulheres - Núcleo Itabuna

Manifesto

Em favor da cidadania, contra o preconceito

O dia 16 de agosto ficará marcado para sempre na história da política e do movimento pela igualdade de direitos entre os sexos em Itabuna. Nesta data, o dirigente baiano de um dos maiores partidos políticos do Brasil usou de um microfone para fazer um ataque escancarado e gratuito à mulher grapiúna, baiana e brasileira.

Presidente estadual do PMDB, Lúcio Vieira Lima disse abertamente em praça pública, em Itabuna, e ao lado do irmão o ministro Geddel Vieira Lima, que, para a mulher, estão reservados o fogão, a cozinha. Está reservado o papel de farofeira, cozinheira.

Nada mais machista e pouco surpreendente vindo de um homem acostumado a cuidar de gados e posto na presidência de um partido sob a sombra do irmão.

Por sua ignorância demonstrada, deve desconhecer até mesmo o papel de mulheres importantes na luta pela democracia e, até, na luta pelo fortalecimento do próprio PMDB. Como esquecer de Abigail Feitosa, deputada federal baiana pelo PMDB? Ou Marizete Pereira e Virgínia Hagge, atuais deputadas estaduais?

Como se vê, as novas diretrizes do PMDB encarnam o que há de pior no carlismo, que está no DNA do comandante do partido na Bahia. Lúcio desrespeita as mulheres, desrespeita a cidadania.

A União Brasileira de Mulheres (UBM) aguardou este momento para repudiar as declarações de Lúcio, longe das disputas políticas em Itabuna, local usado pelo peemedebista para desferir os seus golpes, rasteiros, contra a luta pela igualdade de direitos.

Este repúdio não é apenas das mulheres itabunenses, mas baianas e brasileiras. Senhor Lúcio Vieira Lima, por certo, desconhece o papel das mulheres neste novo momento do mundo.

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

REFLEXÃO DA SEMANA

DEUS NUNCA ERRA!

Um rei que não acreditava na bondade de DEUS, tinha um servo que em todas as situações lhe dizia: Meu rei, não desanime porque tudo que Deus faz é perfeito, Ele não erra!
Um dia eles saíram para caçar e uma fera atacou o rei. O seu servo conseguiu matar o animal, mas não pôde evitar que sua majestade fosse ferida e perdesse um dedo da mão. Furioso e sem mostrar gratidão por ter sido salvo, o nobre disse: Você ainda me diz que Deus é bom? Se Ele fosse bom eu não teria sido atacado e perdido o meu dedo. O servo apenas respondeu: Meu Rei. não sei sobre todas as coisas, sei somente que apesar de tudo que ocorreu, só posso dizer-lhe que Deus é bom; e ele sim sabe o por que de todas as coisas. O que Deus faz é perfeito. Ele nunca erra!Indignado com a resposta, o rei mandou prender o seu servo. Meses depois, saiu o rei para outra caçada, sozinho foi capturado por selvagens que faziam sacrifícios humanos. Já no altar, prontos para sacrificar o nobre, um dos selvagens percebeu que a vítima não tinha um dos dedos e soltaram-no: ele não era perfeito para ser oferecido em sacrifício aos seus deuses. Ao voltar para o palácio, mandou soltar o seu servo e recebeu-o muito afetuosamente. Meu caro, hoje vejo que Deus foi realmente bom comigo! Escapei de ser sacrificado pelos selvagens, justamente por não ter um dedo! Mas tenho uma dúvida: Se Deus é tão bom quanto você afirma ser, por que permitiu que você, que tanto o defende, fosse preso? Meu rei, se o senhor pensar um pouco verá que se eu tivesse ido com o senhor nessa caçada, provavelmente teria sido eu sacrificado em seu lugar, pois não me falta dedo algum. Por isso, lembre-se: tudo o que Deus faz é perfeito Ele nunca erra! Muitas vezes nos queixamos da vida e das coisas aparentemente ruins que nos acontecem, esquecendo-nos que nada é por acaso e que tudo tem um propósito. Todas as manhãs ofereçam seu dia ao Senhor Jesus. Peça para Deus inspirar os seus pensamentos, guiar os seus atos, apaziguar os seus sentimentos. E nada tema, pois DEUS NUNCA ERRA!!!
Sabe por que você recebeu essa mensagem? Eu não sei, mas Deus sabe, pois Ele nunca erra.
O caminho de Deus é perfeito e a sua palavra sem impureza. Ele é o caminho de todos que nele confiam como diz em 2º Samuel – 22 – 31.
Com certeza essa mensagem chegou à boa hora até você. Deus com certeza esta colocando em seu coração o desejo de enviar essa mensagem para alguém. Faça isso não se envergonhe você irá mandar para pessoa certa, Deus sabe disso muito bem, sabe por quê?
Porque Deus nunca erra!
Um Excelente dia! Fica com Deus.

EMBASA COBRA CARO E PRESTA MAL SERVIÇO A COMUNIDADE DA ZONA SUL DE ILHEUS-BA

Senhores redatores de jornais e veículos de comunicações da imprensa baiana e da região do sul da Bahia, em anexo a este documento segue fotos da falta de compromisso da EMPRESA DE SANEAMENTO BASICO DO ESTADO DA BAHIA- EMBASA, para com os cidadãos do Bairro Hernani Sá (URBIS) e o meio ambiente da cidade de Ilhéus.
Num momento em que todos lutam por melhores condições de vida, procuram melhores condições através da conservação do meio ambiente, da limpeza e em geral para evitar as doenças transmitidas por ratos, baratas, moscas e o próprio mosquito da dengue. A nossa e então fornecedora de água e responsável pela filtração de esgotos da nossa cidade a EMBASA que inclusive cobra muito caro por esse serviço, 45% sobre o consumo de água em conjuntos habitacionais, e 80% nos demais Bairros da nossa cidade. Vem trazendo muito desconforto a comunidade do Bairro Hernani Sá. O Bairro Hernani Sá tem rede de esgotamento sanitário e redes pluviais, sendo que o esgotamento é responsabilidade do governo do estado através da EMBASA e a Rede Pluvial administrada pelo município. Mais parece que a EMBASA Não conhece suas obrigações, que é de localizar os esgotos clandestinos, notificar e até multar moradores que usam da prática de interligar seus esgotos nas redes pluviais e a própria EMBASA. Que mantinha ou mantém extravasores, que eram usados ou é quando as redes supuravam através destes extravasores, dando vazão para a rede pluvial que desaguam nas praias e rios da nossa cidade.
Sabemos quanto custa no final do mês desembolsar 45% ou 80% do consumo da água para pagar pelo uso do esgotamento sanitário, o difícil é saber que pagamos tão caro e o serviço é de péssima qualidade. Pelo menos no Bairro Hernani Sá, zona sul de Ilhéus-Ba.
Saber que os moradores têm que conviver com o mau cheiro e a proliferação de mosquito da dengue e ratos e nossas crianças adoecendo e sem termos a quem recorrer.
Será que Ministério Público, as ONGs de preservação do meio ambiente, CONDEMA, e o Município não se manifestam? Enquanto eles dormem a EMBASA acaba com nossas praias, nossos rios, nossos munícipes, nossos turistas e com nossas riquezas naturais.

Roberto de Jesus (Corsário)
Morador do Eixo Coletor Principal da Urbis - Hernani Sá - Ilhéus-Ba