quarta-feira, 29 de setembro de 2010

IRRESPONSABILIDADE! ESGOTO CORRE A CÉU ABERTO NA PORTA DO MEIRA NO BAIRRO SÃO FRANCISCO EM ILHÉUS.

Postado Por Correia Neles

IRRESPONSABILIDADE! ESGOTO CORRE A CÉU ABERTO NA PORTA DO MEIRA NO BAIRRO SÃO FRANCISCO.


Como pode um ESGOTO correndo a céu aberto na porta de um Supermercado?

UMA CIDADE LITERALMENTE NA LAMA, NOS BURACOS E ESGOTOS POR TODOS OS CANTOS

O QUE FAZ O PREFEITO NEWTON LIMA?

Segundo os moradores e clientes este esgoto está aproximadamente 90 dias despejando fezes na rua e ninguém toma providência de mandar consertar.

AS PESSOAS SÃO OBRIGADAS A TRAFEGAR EM ÁGUAS FÉTIDAS, PARAPODEREM ADENTRAR NO SUPERMERCADO

O cumulo do absurdo é que a menos de 2 metros uma vendedora de aipim, vende seu produto na maior tranqüilidade, e os seus clientes também nem se incomodam com o mau cheiro que exala daquele buraco.

UM VERDADEIRO ATENTADO À SAÚDE PÚBLICA!

Este é o retrato da cidade de Ilhéus, onde o Prefeito continua dizendo que a cidade de Ilhéus, “ESTÁ DE BRAÇOS ABERTOS PARA O FUTURO”

QUE FUTURO SENHOR PREFEITO?

O senhor está se baseando pela sua rua que foi reformada única e exclusivamente para a inauguração da sua mansão?

ESTA É A RUA DO PREFEITO NEWTON LIMA. NENHUM ESGOTO CORRE A CÉU ABERTO.

Detalhe nem tão pequeno e que faz toda a diferença


Na visita às escolas públicas de Ilhéus realizada pelos integrantes do Programa O MP e os Objetivos do Milênio em 28-09-2010, um detalhe merece registro especial.

Na Escola Municipal Themístocles Andrade, no Bairro Teotônio Vilela, a direção afixou em local visível o quanto recebeu de verba do Governo Federal, dentro do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE). Anunciou os bens que havia adquirido para a escola e relacionou o quanto poderia gastar com manutenção de serviços e conservação de imóveis (despesas de custeio) e com investimentos (aquisições de material permanente e outras despesas de capital).

Eis o princípio da publicidade e da transparência das contas públicas aplicado na prática.
"Detalhe" que faz a diferença!


Postado Por MP e os Objetivos do Milênio

postado

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Escolas recebem visita do MP

Postado por Cia de noticias

Três escolas localizadas no bairro Teotônio Vilela concentraram, na manhã desta terça-feira (28), as visitas feitas pela Comissão de Planejamento Estratégico Interinstitucional voltado para a educação, coordenada pela 8ª Promotoria do Ministério Público em Ilhéus. As escolas municipais Paulo Freire (sede e anexo), escolhida antecipadamente por meio de sorteio, e Themístocles Andrade e de Educação Infantil, escolhidas durante a visita, foram foco da vistoria. A comissão é formada por representantes de entidade ligadas ao controle social, a exemplo dos conselhos municipais de Alimentação Escolar, Transporte, Gestão do Fundeb, Educação, Saúde, além do CREA/BA, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, entre outros órgãos.

As visitas, de acordo com a promotora de Justiça Karine Cherubini, são um importante instrumento de fiscalização, que visa o acompanhamento in loco e a formação de um diagnóstico preciso sobre as principais necessidades de cada unidade escolar. “A precisão do diagnóstico é garantida através do acompanhamento dos representantes em cada área do prédio, a exemplo de banheiros, salas de aula e cantina”, explicou. Para a diretora da escola Paulo Freire, Jacira Oliveira Fernandes, o procedimento vai promover melhorias na infraestrutura e na segurança do local, “garantindo que toda a comunidade escolar seja beneficiada”.

Na Escola Themístocles Andrade, o trabalho de comunicação desenvolvido pela coordenação da escola foi bastante elogiado. A unidade conta com uma pequena rádio comunitária, que tem pauta decidida pelos professores e funciona na frequência 156, 9 Khz, em um horário em cada turno, todos os dias. “Alguns alunos fazem o trabalho de locução e ajudam a promover as atividades e eventos internos junto aos demais colegas”, afirmou a diretora da escola, Patrícia Prisco. Para o representante do Conselho Municipal de Saúde, Marcos Lessa, a iniciativa traz uma série de benefícios que também se estendem às famílias dos alunos, “incentivando os pais a atuar na manutenção e fiscalização da escola”.

O Planejamento Estratégico Interinstitucional para Educação visa melhorias nas condições estruturais, sanitárias e de prestação do serviço educacional, bem como o controle de eventual uso indevido, desvio ou corrupção na utilização das verbas públicas. O resultado dos relatórios finais da Comissão tem guiado o cronograma do Projeto Dever de Casa, que já está contemplando uma das escolas que passaram pela vistoria: a escola Paulo Freire. De acordo com o secretário de Infraestrutura, Marconi Queiroz, serão realizados serviços de troca da rede elétrica e hidráulica, telhado, pintura interna e externa, implantação de laboratórios multimídia e de informática, entre outros serviços de baixa e média complexidade. “As demais escolas visitas serão contempladas numa nova fase do programa, prevista para iniciar após realização de processo licitatório, marcado para o início do próximo mês”.

Polícia Federal reforça contingente para a eleição em Ilhéus

Por Agravo Ilheense
Escrito por Jamesson Araujo

Hoje foi realizada na delegacia do meio ambiente, a reunião com o ministério publico, polícia federal, polícia civil, polícia militar, Setrans, Detran, coordenadores de campanha e membros dos partidos políticos, com intuito de tirar duvidas e demonstrar todo o planejamento para repressão das ilegalidades no pleito de três de outubro.

A Promotora Karina Cherubini explanou para os presentes que “ A propaganda eleitoral no dia do pleito é proibida por lei. A boca-de-urna, como é chamada, embora seja muito praticada, pode resultar em detenção e multa. Vamos fazer um monitoramento direto na sede do município e nos distritos para combater a compra de voto, e principalmente a boca de Urna.”

A Lei 9.504/97: "Constituem crimes, no dia da eleição, puníveis com detenção, de seis meses a um ano, com a alternativa de prestação de serviços à comunidade pelo mesmo período, e multa no valor de cinco mil a quinze mil UFIR: o uso de alto-falantes e amplificadores de som ou a promoção de comício ou carreata; a distribuição de material de propaganda política, inclusive volantes e outros impressos, ou a prática de aliciamento, coação ou manifestação tendentes a influir na vontade do eleitor".

As informações passadas pela polícia federal é que o contingente foi reforçado em Ilhéus, no dia da eleição terão policias a paisana, observando de perto todo o movimento em 3 de outubro.

DATAFOLHA: AUMENTA A CHANCE DE HAVER 2° TURNO

postado por RAPAZOI

Nova pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (28), a seis dias da eleição, aponta que a soma dos demais candidatos à Presidência está apenas 2 pontos menor que a intenção de votos obtida pela petista Dilma Rousseff. Desta forma, é grande a chance de haver segundo turno na corrida presidencial. O levantamento, que foi às ruas nesta segunda-feira, aponta que Dilma perde votos em todos os estratos da população. Considerados apenas os votos validos, como calcula o TSE, Dilma perdeu 3% nos últimos cinco dias (54% para 51%). O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, oscilou positivamente, de 31% para 32%. Marina Silva, do PV, também cresceu, para 16%, ante os 14% que tinha na última pesquisa, realizada entre os dias 21 e 22 de setembro.

Jailson Nascimento declara apoio a Carlos Massarollo

Por Agravo Ilheense
Escrito por Jamesson Araujo

Durante ato da campanha de Carlos Massarollo, ocorrido no último sábado, dia 25 de setembro o presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Jailson Nascimento, afirmou categoricamente durante discurso, que votará no candidato de seu partido, o PMN.

Na ocasião Jailson afirmou que trata-se de um candidato com muitas qualidades e que ante toda essa questão envolvendo o Ficha Limpa, Massarollo tem “as mãos limpas e o coração limpo”. Para finalizar, Nascimento repetiu com veemência ante os presentes, o slogan do candidato: “Meu voto vale ouro, por isso é que eu voto em Massarollo”.

A caminhada foi realizada nas principais ruas do centro de Ilhéus e reuniu cerca de 500 pessoas.


segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Tempo de Transparência Fiscal

Até 30 de setembro de 2010, os Municípios com mais de cinquenta mil habitantes devem publicar o 4º Relatório de Execução Orçamentária Resumida. Nele devem estar as receitas e despesas de julho e agosto de 2010, que compõem o 4º bimestre.

Encerrando-se também o 2º quadrimestre, os dados fiscais dos meses de maio, junho, julho e agosto de 2010 devem compor o 2º Relatório de Gestão Fiscal e serem apresentados à Câmara de Vereadores, em audiência pública, na comissão permanente indicada pela Lei Orgânica. No Município de Ilhéus, a avaliação do cumprimento das metas fiscais é feita pela Comissão de Finanças, Orçamento, Obras e Serviços Públicos.

Constitui infração administrativa contra as leis de finanças públicas deixar de divulgar ou de enviar ao Poder Legislativo e ao Tribunal de Contas o relatório de gestão fiscal, nos prazos e condições estabelecidos em lei. A infração é punida com multa de trinta por cento dos vencimentos anuais do agente que lhe der causa, sendo o pagamento da multa de sua responsabilidade pessoal, com julgamento pelo Tribunal de Contas dos Municípios (no caso da Bahia) ou dos Estados. (Lei Federal nº 10.028/2000, art. 5º)

As publicações oficiais de Ilhéus são feitas no site www.ilheus.ba.io.org.br. Já as da Câmara de Vereadores, no site www.camaradeilheus.com.br

Os relatórios também podem ser encontrados no site do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, na página
http://www.tcm.ba.gov.br/lrf/Administracao/lrf/Consulta.asp

Postado por O MP e os Objetivos do Milênio

domingo, 26 de setembro de 2010

Aneel proíbe corte de energia por conta atrasada há mais de 90 dias

Brasília – A partir de 1º de dezembro, as concessionárias de energia elétrica não poderão mais cortar o fornecimento do consumidor que tiver uma conta atrasada por mais de 90 dias, caso não efetuem o corte antes desse prazo. É o que determina a Resolução 414, que acaba de ser aprovada pela diretoria da Agência Nacional de Energias Elétrica (Aneel).

Até então, as concessionárias poderiam cortar a energia a qualquer tempo, caso o consumidor tivesse uma conta vencida, mesmo que as posteriores estivessem sendo pagas.


Ao anunciar a medida, juntamente com outras decisões sobre as relações entre concessionárias e consumidores, o diretor
-geral da Aneel, Nelson Hübner, afirmou que ela foi tomada com base em pareceres de órgãos de defesa do consumidor, do Ministério Público e outra instituições que têm relação com o tema.

Projeto 5ª do Rádio”, acontece nesta quinta-feira

SINDICATO DOS RADIALISTAS DE ILHÉUS

“Projeto 5ª do Rádio”,

acontece nesta quinta-feira

Dando continuidade ao “Projeto 5ª do Rádio” criado pelo Sindicato dos Radialistas de Ilhéus, com objetivo exclusivo de unir os profissionais da imprensa local para um momento cultural e de confraternização, a 4ª edição acontece nesta quinta-feira, 30/09, a partir das 18h na Praça do Radialista.

A denominação do nome “Praça do Radialista”, foi uma conquista do Sindicato dos Radialistas de Ilhéus, através da Lei. 3444, sancionada pelo executivo ilheense.

Segundo o Presidente da entidade, Elias Reis, este ano acontece a tão esperada Festa do Radialista, já programada para o dia 07 de novembro, no Satélite Clube. “Contrariando a datas anteriores, a festa acontece justamente no dia oficial dedicado aos radialistas, em função da Lei 11.327, que institui o dia 07 de novembro como data das efemérides nacionais.”, afirma Brito Junior, diretor sindical.

25/09/2010.

Ass. de Comunicação

Dino Rocha (73 9962 2321)

Colaboradores:

Bonnie Klayver (73 8837 8144)

João Costa (73 8828 1486)

LULA NÃO VEM MAIS A ILHÉUS E ITABUNA DIA 29

Postado por Agravo Ilheense
Escrito por Ângelo Martins
Preocupados em criar um fato político para beneficiar Wagner, o PT baiano estudou a possibilidade de trazer Lula a Ilhéus e Itabuna para um evento de liberação da ordem de serviço da ferrovia oeste leste.

A região foi estrategicamente escolhida, já que é onde Wagner apresenta maior índice de rejeição, e onde apresenta seu pior desempenho.

O problema é que a Licitação ainda não se encerrou, nem tão pouco se encerraria até o dia 29, o que poderia tornar o evento num grande fiasco.

Diante dessa situação, coube ao PT mudar a estratégia. Lula virá a Bahia novamente, tentar ajudar o amigo, entretanto, o evento será para a liberação de um viaduto que faz parte de um complexo de viadutos que estão em construção em salvador.

Com tanta coisa pra um Presidente fazer, a impressão que fica é que Wagner deve mesmo estar precisando da ajuda do amigo.

sábado, 25 de setembro de 2010

Educacenso 2010: Ilhéus deve enviar seus dados

Postado por MP e os Objetuvos do Milênio

Termina no dia 24 de outubro de 2010 o prazo para o Município de Ilhéus complementar os dados que compõem o Censo Escolar da Educação Básica de 2010. Ilhéus está atrasado no envio, que deveria ter ocorrido no período de 26 de maio a 31 de agosto de 2010. Das 148 escolas existentes, só 81 tiveram dados enviados, totalizando 54,73% das informações necessárias.

O Censo Escolar é uma pesquisa que tem por objetivo fazer um amplo levantamento sobre todas as escolas de educação básica no país atendidas pelo Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). É realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, autarquia vinculada ao Ministério da Educação, em estreita articulação com as Secretarias Estaduais de Educação e do Distrito Federal, com a participação e
colaboração das Secretarias de Educação dos municípios e das escolas de educação básica de todo País. A data de referência das informações, neste ano, foi o dia 26/05/2010.

Utiliza um sistema de acesso via Internet chamado Educacenso, que permite manter um cadastro único em uma base de dados centralizada no Inep a respeito de escolas, turmas, alunos, docentes/ auxiliares de educação infantil, profissionais/ monitores de atividade complementar. Como o envio é on-line, possibilita maior rapidez na atualização das informações.

O envio dos dados garante a distribuição do fundo e demais programas que utilizam as informações do censo, como distribuição de alimentação escolar, livro didático e transporte escolar, dentre outros. As redes
que permanecerem com dados faltantes podem perder recursos, informa o Inep. Os dados consolidados serão divulgados no final de novembro.

Os Municípios de América Dourada, Cafarnaum, Candiba, Caturama, Condeúba, Filadélfia, Ibiassuce, Jaguaripe, Jussara, Lajedão, Lajedinho, Lajedo do Tabocal, Maetinga, Mortugaba, Muquém de São Francisco, Nilo Peçanha, Nordestina, Olindina, Pé de Serra, Piripa, Planaltino, Tanque Novo enviaram 100% dos dados ao INEP.

Saiba mais: http://educacao.uol.com.br/ultnot/2010/09/24/brasil-tem-42-milhoes-...
http://mapa.educacenso.inep.gov.br/


Quem garante é o Presidente do Tribunal Superior Eleitoral(TSE), o Ministro Enrique Ricardo Lewandowski.

Por Priscila Bueker (pbueker@eshoje.com.br)

Após 11 horas de sessão, exatamente as 1h15 da manhã desta sexta (24), num polêmico empate 5 a 5 sobre a validade da Lei da Ficha Limpa nas eleições 2010, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu suspender o julgamento da lei de iniciativa popular, quando julgavam o recurso do candidato ao governo do Distrito Federal Joaquim Roriz (PSC) . Para dar mais esclarecimentos, o Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Enrique Ricardo Lewandoswski, esteve em Vitória na tarde desta sexta (24) e garantiu que, independente da votação, "a lei Ficha Limpa continua em vigor e será aplicada com rigidez pelo TSE ainda este ano".

A lei proíbe a candidatura de políticos condenados em decisões colegiadas e que renunciaram a mandato eletivo para escapar de cassação. De acordo com o ministro do Tribunal Superior Eleitoral, os candidatos ao pleito considerados "fichas-sujas" podem continuar sua campanha. Porém, se eleitos, não poderão ser diplomados e, por conseqüência, não vão poder tomar posse do cargo.A diplomação acontece no dia 17 de dezembro.

"O TSE assegura a continuação da campanha, mesmos os que tiveram registros indeferidos. Ainda vamos estudar a possibilidade, mas os votos dos eleitores destinados aos fichas sujas não vão ser considerados. A princípio, tais votos serão considerados nulos. Deixemos claro que o Tribunal Superior Eleitoral vai continuar aplicando sua jurisprudência para fazer valer a lei em sua totalidade ainda nestas eleições", ressaltou o presidente do TSE.

Lewandoswski esclareceu que, para derrubar a Lei Ficha Limpa, é preciso seis votos contra a proposta, de acordo com artigo 97 da Constituição Federal. Ele disse que, no julgamento dos recursos de candidatos fichas-suja no Tribunal, priorizará os recursos extraordinários. "Eles subirão ao STF e vão ser atendidos de forma individualizada, para uma maior celeridade. A Ficha Limpa não sofre também nenhuma alteração, é um projeto de constitucional e legítimo."

Roriz. No julgamento, iniciado nesta quinta-feira, os ministros julgavam recurso do candidato ao governo do Distrito Federal Joaquim Roriz (PSC) que teve o registro barrado pelo Tribunal Regional Eleitoral do DF (TRE-DF), decisão depois confirmada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por ter renunciado ao mandato de senador, em 2007, para evitar um processo por quebra de decoro parlamentar no Conselho de Ética do Senado. Ele agora será substituído pela esposa, Weslian Roriz, na chapa.

Sobre o caso, o ministro Lewandowski explicou que a lei autoriza, sim, este tipo de substituição. Mas, quanto a ilegalidade deste caso em específico, é possível que a renúncia da candidatura anule. "Foi reconhecida a repercussão geral do tema. O recurso passa a ter caráter objetivo. O Supremo Tribunal terá que decidir o recurso especial e se é possível a desistência do acusado depois de iniciado o julgamento", explicou.

No julgamento do caso do ex-governador do Distrito Federal, Joaquim Roriz, votaram a favor os ministros Ayres Britto, Cármen Lúcia, Joaquim Barbosa, o próprio Ricardo Lewandowski e Ellen Gracie. Contra, votaram Gilmar Mendes, o presidente do STF Cesar Peluso, Celso de Mello, Marco Aurélio Melo e Dias Toffoli. Este é o primeiro caso de julgamento da Lei da Ficha Limpa no STF e foi suspenso, num consenso da Corte, por tempo indeterminado.

O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo, o desembargador Pedro Valls Feu Rosa, destacou que torce para que a Lei ficha Limpa continue sendo aplicada em sua rigorosidade. "Esta lei é um desejo da maioria da população, que anseia por governantes compromissados com a ética e com o anseio popular. É triste ter que se votar uma lei para que candidatos que tenham ficha suja não possam ser eleitos.Esses tipos de políticos não eram para se candidatar ao pleito.No mandato eletivo, o político está ali para representar desejos coletivos e não particulares", finalizou.

--
Postado por www.urbisnoticias.blogspot.com no URBIS NOTICIAS em 9/24/2010 08:16:00 PM

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Estádios da Copa terão pouca utilidade, avalia deputado

Agencia da Câmara

Divulgação/Agência Brasil
Obras do Mané Garrincha, em Brasília, estão orçadas em R$ 720 milhões. "Caríssimo", diz Sílvio Torres.

O presidente da subcomissão que fiscaliza os gastos públicos na organização da Copa do Mundo de Futebol de 2014 no Brasil, deputado Sílvio Torres (PSDB-SP), avalia que os estádios construídos para a Copa do Mundo de 2014 poderão se transformar em "elefantes brancos".

O parlamentar disse que o País pode investir grandes quantias em arenas que, depois da Copa, terão pouca utilidade e trarão mais despesas aos cofres públicos. Torres acha que ainda há tempo para a redução no número de sedes, que atualmente é de 12.

Segundo Sílvio Torres, o Tribunal de Contas da União (TCUÓrgão auxiliar do Congresso Nacional que tem por atribuição o controle externo dos atos financeiros, orçamentários, contábeis, operacionais e patrimoniais dos Poderes da República. ) identificou quatro estádios que darão prejuízo aos governos após a realização do evento esportivo: os de Brasília, Cuiabá, Manaus e Natal.

Espaços ociosos
Os estádios dessas capitais somam quase R$ 2 bilhões em dinheiro público, lembra o deputado, e tendem a se transformar em espaços ociosos e caros. "O TCU já apontou no estudo que fez sobre a sustentabilidade de alguns estádios que vão sediar a Copa, que quatro deles com certeza se tornarão ociosos, o que significa que vão ter que ser bancados com dinheiro público, porque os custos de manutenção dessas arenas é alto.”

O parlamentar ressalta que os estádios a serem construídos ou reformados são “modernos e caros e as arenas dessas capitais, que não têm sustentação através do esporte nem mesmo através de eventos, dificilmente elas conseguirão parcerias."

Silvio Torres destacou ainda que outras cidades, como Fortaleza e Recife, estão numa situação intermediária, mas também podem ter prejuízos com os estádios depois da Copa.

Caríssimo
O deputado considerou caríssimo o estádio de Brasília que, apesar de não ter nenhum time disputando os principais campeonatos, deve custar aproximadamente R$ 720 milhões. Ele lembrou que a Alemanha, que realizou a Copa de 2006, teve de fazer parcerias entre os administrações municipais e os estádios depois do mundial para não ter prejuízos.

Silvio Torres citou ainda o caso do Soccer City, que custou o equivalente a R$ 1 bilhão e sediou a abertura da Copa de 2010, na África do Sul. Ele observou que o público local frequenta partidas com ingressos que custam R$ 5,00, o que não é suficiente para sustentar o estádio.

Reportagem - Paulo Roberto Miranda/Rádio Câmara
Edição - Newton Araújo

Indefinição do STF sobre Ficha Limpa afeta eleições para a Câmara

Agencia da Câmara

Na eleição proporcional (deputados estaduais e federais), o número de vagas a ser preenchido por um partido é calculado com base no número de votos dados a todos os candidatos desse partido ou coligação.

A indefinição do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a validade ou não da Lei da Ficha Limpa já nas eleições deste ano mantém em suspense a viabilidade de centenas de candidaturas questionadas na Justiça Eleitoral, inclusive de deputados federais.

Nesta madrugada, acabou indefinido o julgamento do recurso impetrado pela defesa de Joaquim Roriz (PSC), candidato a governador do Distrito Federal, contra a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que indeferiu o registro de sua candidatura com base na Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar 135/10). Roriz renunciou ao mandato de senador em 2007 para evitar a cassação do seu mandato.

Hoje, com a desistência de Roriz à sua candidatura ao governo, a ação perdeu o objeto, e pode ser arquivada no STF mesmo após 15 horas de discussões. A assessoria do presidente do STF, ministro Cezar Peluso, informou que o plenário do tribunal decidirá na próxima quarta-feira (29) se o julgamento do recurso de Roriz terá prosseguimento. Os advogados do ex-candidato informaram, no entanto, que vão desistir da ação. Com isso, continua a indefinição quanto à validade da nova lei.

Indefinição na Câmara
No caso da Câmara, se a indefinição sobre a validade da lei se arrastar até depois das eleições, muitos candidatos que receberem votação expressiva para serem eleitos poderão perder a vaga se a lei for considerada válida – por terem sido impugnados ou por terem se beneficiado de votos dados a candidatos impugnados.

Na eleição proporcional (deputados estaduais e federais), o número de vagas a ser preenchido por um partido ou coligação é calculado com base no número de votos dados a todos os candidatos desse partido ou coligação. Se for anulada a eleição de um candidato “puxador de votos”, a hipótese considerada mais provável na assessoria jurídica do TSE é que isso afetará o resultado da eleição naquele estado, pois forçará a redistribuição de vagas entre os partidos.

A discussão fica ainda mais relevante na Câmara dos Deputados porque eventuais mudanças no tamanho das bancadas partidárias poderá refletir no trabalho geral do Legislativo. Muitas das atividades da Câmara se submetem ao tamanho das bancadas, entre elas: a composição e a presidência das comissões permanentes, a composição da Mesa Diretora da Casa, o direito a representação partidária formal, o tempo para discurso de líderes em plenário e o número de funcionários destinados ao partido.

Até a última quarta-feira, o TSE havia decidido 56% dos recursos sobre registro de candidatura, o que representa 994 processos analisados. Naquela data, o tribunal contabilizava 1.763 recursos que chegaram à Corte questionando decisões dos tribunais regionais eleitorais que negaram registros a candidatos. O total de decisões envolve aquelas tomadas pelo plenário da Corte Eleitoral, assim como as deliberações individuais dos ministros, conhecidas como monocráticas. Segundo o tribunal, 171 desses processos questionam a aplicação da Lei da Ficha Limpa.

*Matéria atualizada às 18h28.

Da Reportagem
Edição – Wilson Silveira

Comentários

eudenes mendonça de alencar vieira | 24/09/2010 17:58
VERGONHA!!!!!!!1
Jonathan | 24/09/2010 15:47
Realmente, caro Aurindo. É notória a parcialidade de alguns Ministros da Suprema Corte!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Gilson de Oliveira | 24/09/2010 15:31
A noa Lei da Ficha Limpa deveria entrar em vigor para pessoas/candidatos que cometeram a irregularidade após a edição/publicação da referida Lei. Tentar aplicar a Lei retroativamente é jogo de cartas marcadas.

IBOPE: WAGNER 52%; GEDDEL EMPATA COM SOUTO – 15%!

Postado por Pimenta na Muqueca

A pesquisa Ibope/Rede Bahia divulgada há pouco revela que o governador Jaques Wagner (PT) saltou de 49% para 52% e há empate entre Paulo Souto (DEM) e Geddel Vieira Lima (PMDB) tem 15% cada um. Wagner estaria reeleito no primeiro turno. Wagner e Geddel cresceram 3 pontos. Souto estabilizou.

Bassuma (PV) tem 2% e professor Carlos (PSTU) aparece com 1%. Sandro Santa Bárbara (PCB) e Mendes (PSOL) não pontuaram. O percentual de brancos e nulos atinge 6% e o de indecisos é de 10%. A pesquisa ouviu 1.512 eleitores em 81 municípios, de 21 a 23 de setembro, e apresenta margem de erro de 3 pontos percentuais.

Além de ter sido alcançado por Geddel nas intenções de voto no Ibope, Souto é também o mais rejeitado pelos eleitores baianos. 31% não votariam nele. Bassuma tem rejeição de 23%, Professor Carlos, 20% e Geddel, 19%. Marcos Mendes e Santa Bárbara têm 18% e 17% de rejeição, respectivamente. O menos rejeitado é Wagner, 16%.

NÚMEROS DO VOX POPULI

O governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), segue na liderança na corrida pelo governo do Estado, aponta pesquisa Vox Populi/Band/iG divulgada nesta sexta-feira.

Wagner tem 46% das intenções de voto, seguido por Paulo Souto (DEM), com 18%, Geddel Vieira Lima (PMDB), com 14%, e Bassuma (PV), com 2%.

Votos brancos e nulos somam 5%, e os indecisos, 15%. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais, para mais ou para menos.

O instituto ouviu 800 eleitores entre 18 e 21 de setembro. A pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número 31.707/10. Com informações da Band.

Felicidade é Consciência...

Postado por Rita Manta/No Caminho da Luz
Não dependa dos outros para você ser feliz.
Pois felicidade é um estado de consciência.
E ser feliz é responsabilidade de todo ser.
Porque a vida é uma bênção!
Logo, jamais deixe que as atitudes alheias roubem sua luz.
A Vida é maior que você – e do que eu também.
Na verdade, a Vida é maior do que tudo.
E você está vivo. E todos também estão, na Terra, e além...
Então, seja feliz, só por você existir.
Para compartilhar sua luz com os outros, que também existem.
Porém, sem depender de ninguém.
Encarnados e desencarnados, todos nós existimos.
E, se somos felizes, ou não, isso só depende de nós mesmos.J
á temos o suficiente: nós existimos.
Então, que tal sermos felizes, só por isso?
A existência é a mesma, seja na Terra ou no Astral.
Aqui, ou Lá, a verdade é uma só: felicidade é um estado de consciência.
E quem reconhece isso, é feliz, sim, só por existir.

Paz e Luz em seu coração!

(Wagner Borges)

Wagner acende luz vermelha com queda de 11 pontos em apenas uma semana

Do Agravo Ilheense
Escrito por Jamesson Araujo

Parece que anuncio de Dilma que Wagner é seu candidato ao governo da Bahia, mexeu com as pesquisas que antes eram totalmente favoráveis a Wagner. A oposição comemora, e dá como certo um segundo turno na Bahia. Alguns petistas, já mostram preocupação, e já admite um provável segundo turno.

A vantagem do governador Jaques Wagner (PT) caiu 11 pontos percentuais em uma semana. Wagner passou de 53% para 48%, uma variação superior à margem de erro, de três pontos percentuais para mais ou para menos.

O percentual de intenções de voto de todos os seus adversários soma 36%. Na semana passada, a soma era de 23%.Considerando apenas votos válidos, Wagner tem 58% das intenções de voto. Na semana passada ele chegava a 64%.

O segundo colocado na pesquisa é Paulo Souto (DEM), que passou de 16% para 21%, abrindo boa vantagem sobre o terceiro colocado, Geddel Vieira Lima (PMDB), que variou de 11% para 12%.

Bassuma (PV) tem 2%. Marcos Mendes (PSOL) aparece com 1%. Sandro Santa Barbara (PCB) e Professor Carlos (PSTU) não atingiram 1%.

Os indecisos na Bahia são 11% dos eleitores. Pretendem votar em branco ou anular o voto outros 5%.

Partidos alijados da campanha

postado por Paixão Barbosa/no Atarde On Line

É verdade que este é um processo já de algumas eleições, mas a situação chegou ao seu máximo nesta campanha eleitoral. Falo do sumiço dos partidos na propaganda eleitoral de quase todos os candidatos a deputado e a senador. Observem que são muito raros os cartazes onde o candidato coloca a legenda a que pertence (e mesmo os que o fazem põem sigla bem pequena, num cantinho, para não “poluir”).

Este comportamento apenas aprofunda o processo de desmoralização dos partidos políticos no Brasil e, junto com eles, do próprio sistema eleitoral. A campanha fica cada vez mais despolitizada, não se discute princípios nem se fala de bandeiras partidárias. O que importa é somente o nome do candidato e, claro, o número que deverá ser digitado na urna eletrônica. Entre as exceções, estão os candidatos dos chamados “partidos nanicos”, que ainda prezam suas legendas.

Faz parte deste processo de esculhambação dos partidos e das coligações a balbúrdia que tomou conta das alianças, uma vez que cada candidato a deputado está fazendo suas próprias “coligações”, recebendo e dando apoio a quem tiver a melhor proposta (e não falo de proposta política, mas de votos e/ou dinheiro). Tem sido comum ver candidatos a deputados federais do DEM “coligados” em cartazes junto com candidatos a estaduais do PT, do PCdoB. Ou vice-versa.

No fim, os eleitores terminarão votando somente nas pessoas mesmo. Aqueles mais conscientes escolherão os nomes que mais respeitam ou que consideram os melhores. Os que não têm informação política votarão naqueles que o cabo eleitoral da esquina ou o chefe mandar. E os que fazem da eleição um momento para ganhar algum, digitarão o nome de quem pagar mais.

Com este quadro, com certeza só teremos o que nos queixar dos futuros deputados. E, ao contrário do que diz Tiririca (o ex-palhaço que deverá ser eleito com mais de 900 mil votos em São Paulo), deverá ficar pior do que está.

O enigma Geddel

postado por Paixão Barbosa no atarde On Line

Para mim, a eleição baiana deste ano, tem, até agora, um grande enigma a ser decifrado, que é a situação do candidato a governador pelo PMDB, Geddel Vieira Lima. Restando apenas dez dias para a decisão definitiva das urnas, o candidato peemedebista aparece nas pesquisas de opinião exatamente no mesmo patamar com que começou a sua pré-campanha, apesar de todos os recursos que empregou neste período.

Ex-ministro da Integração Nacional, o deputado federal Geddel Vieira Lima (PMDB) decidiu fazer uma aposta arriscada quando, em 2009, optou pelo rompimento da aliança do seu partido com o PT, aliança que teve grande parcela de responsabilidade na histórica e surpreendente vitória de Jaques Wagner (PT) sobre Paulo Souto, derrotando a máquina carlista. Com uma base de 114 prefeitos e mais de mil vereadores, o PMDB baiano constituía uma estrutura sólida, garantindo a ele uma grande penetração em todas as regiões do Estado, o que era reforçado pela sua atuação no Ministério, com um elenco significativo de obras em mais de 100 municípios.

Mesmo sabendo que sempre é uma aposta arriscada concorrer contra a máquina governista e tendo ainda que enfrentar o que restou da estrutura carlista, Geddel decidiu apostar na sua capacidade de trabalho e foi à luta, formalizando a candidatura. Tinha, como estratégia, crescer no espaço entre o governador e Paulo Souto, apresentando-se como uma alternativa nova, contrapondo-se ao que já tinha sido e ao que está sendo, qualificando-se para ir ao segundo turno contra qualquer um dos dois.

Naquele momento da pré-campanha (fevereiro e março), recebia entre 8 e 10% das intenções de voto, na média das pesquisas eleitorais. Ele e sua equipe acreditavam, então, que sua performance devia ser debitada ao fato de ser menos conhecido do que os outros dois principais adversários, Souto e Wagner, e que isto iria mudar à medida que o eleitoradi tomasse conhecimento de suas propostas.

Profissional, montou uma boa estrutura para gerir a campanha, conseguiu reunir dez partidos em torno do PMDB e disparou emissários e aliados para todos os municípios baianos. Contratou uma equipe vitoriosa (em 2008) para conduzir o marketing eleitoral e jogou suas fichas na boa presença que tem frente aos microfones e câmeras.

Conseguiu garantir a teoria dos dois palanques na Bahia, com que procurou dividir as atenções do presidente Lula e da candidata à Presidência, Dilma Rousseff (PT). E, principalmente, nesta linha, buscou reforçar a mensagem de que também era candidato de Lula e de Dilma na Bahia, tentando garantir para si um pouco do peso da popularidade do ocupante do Palácio do Planalto ou, pelo menos, dividir a influência positiva com o governador Jaques Wagner.

Apesar do esforço, iniciou o horário eleitoral gratuito (em 17 de agosto), no mesmo patamar das intenções de voto, subindo apenas um pouco para 11%, mas dentro das margens de erro dos diversos institutos de pesquisa. A justificativa era que os adversários tinham maior visibilidade anterior, o governador pela exposição própria do cargo e o candidato do DEM pelo fato de já ter sido governador duas vezes.

A aposta passou a ser, então, a propaganda no Rádio e na TV. Sua equipe de marketing produziu boas peças, fortes na mensagem e leves na apresentação, a música da campanha não é ruim e o próprio candidato, como já se esperava, não foi mal nas suas aparições, com um discurso direto, frases objetivas e muitas críticas ao governo estadual.

Nada disto, porém, foi capaz de fazer o candidato subir nas pesquisas eleitorais e ele continua, a dez dias da eleição, estacionado nos mesmos patamares do início da campanha eleitoral, de acordo com os levantamentos de todos os institutos de pesquisa. Fato que foi usado até por Dilma Rousseff para anunciar publicamente que só tem, agora, um candidato a governador da Bahia, Jaques Wagner, jogando para o alto o compromisso anterior, de ficar de braços dados com o ex-ministro.

No futuro, quem analisar esta campanha baiana, poderá ter um bom material para estudar e tentar explicar porque um candidato que, aparentemente fez tudo certo, seguindo todo o receituário do marketing eleitoral, não conseguiu sequer mudar de patamar nas pesquisas eleitorais.

Como recomenda a prudência, repito que ainda faltam dez dias para a eleição e o quadro ainda pode mudar, uma vez que pesquisa não é urna e só esta dá os números reais de cada candidato. E, quem sabe, o esforço de Geddel e de sua equipe possa, ainda, dar algum resultado positivo? Aliás, se isto acontecer, será um caso ainda mais interessante para estudo dos especialistas.

STF suspende julgamento da “Ficha Limpa”, após placar de 5×5

Após empate, os ministros do STF adiam decisão (foto de Gil Ferreira/SCO/ST)

Ainda não chegou a hora da população brasileira comemorar o onício da moralização da ocupação dos cargos políticos. Na noite de quinta-feira (23), segunda sessão de apreciação de Recurso Especial impetrado pelo candidato Joaquim Roriz, o placar terminou empatado.

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram suspender a proclamação do resultado do julgamento do Recurso Extraordinário (RE) 630147, após o empate em 5 votos a 5. O RE foi ajuizado na corte pela defesa de Joaquim Roriz para questionar decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que indeferiu o registro de candidatura de Roriz com base na Lei Complementar (LC) 135/2010 – a chamada Lei da Ficha Limpa.

Votaram pelo desprovimento do RE, e consequentemente pelo indeferimento do registro de Joaquim Roriz, os ministros Ayres Britto (relator), Cármen Lúcia, Joaquim Barbosa, Ricardo Lewandowski e Ellen Gracie.

Divergiram e votaram pelo provimento do recurso os ministros Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Marco Aurélio, Celso de Mello e Cezar Peluso.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Religião e Deus...

Quantos são os caminhos para encontrar Deus?
De quantas estradas é feito o nosso trilhar para entender as coisas de Deus?
Quais são os caminhares que nos levam a Deus?
Não houve na História da Humanidade cultura alguma que não tivesse nos seus valores o entendimento de Deus.
As formas de interpretação da Divindade variaram às centenas, porém, nenhum povo houve que negasse a existência de uma força maior a comandar os desígnios do Universo.
Assim, crer na existência de Deus transcende o aspecto cultural e se insere na essência do sentimento humano de que existe um Criador a gerar a vida, do macro ao microcosmo.
E, ao longo da História, vários foram os ensaios para se explicar e entender Deus.
E hoje, como entendemos Deus?
Provavelmente as suas respostas e explicações acerca da Divindade estão pautadas em uma explicação doutrinária ou religiosa.
E é exatamente para isso que as religiões se estruturam: para nos ajudar a redescobrir Deus, Suas Leis, Seus desígnios e para Ele nos voltarmos.
Desta forma, podemos entender a religião não como um fim e sim um meio.
O meio que encontramos para entender Deus e tê-Lo na nossa vida diária.
E, sendo a religião o meio que usamos para reencontrar Deus, é natural que cada um de nós tenha necessidade de um caminho que seja coerente e próprio em relação ao seu amadurecimento emocional, seus valores e conceitos.
Por isso, cada um de nós escolhe essa ou aquela escola religiosa, esse ou aquele caminho para chegar a Deus.
Porém, para Deus, todos os caminhos que levem a Ele são dignos de respeito.
Toda doutrina, toda religião que nos torne melhores, é válida.
Além disso, devemos lembrar que a religião por si só não basta em nossa vida.
Como também, para sermos pessoas de bem, a religião não é imprescindível.
Há inúmeras pessoas que, sem professarem nenhuma religião, têm uma vida de respeito ao próximo, de conduta ilibada, de retidão de caráter inquestionável.
E outras, apegadas a essa ou aquela escola religiosa, se mostram só preocupadas com a externalidade da religião, cuidando muito pouco do seu mundo íntimo.
Se a religião que escolhemos nos faz pessoas melhores, nos ajuda a entender as Leis de Deus, a nos entender e a entender ao próximo, essa é a melhor religião para nós.
Porém, se ainda nos vinculamos a uma religião, preocupados com o que os outros estão vendo ou pensando, somente para satisfazer vaidades ou expectativas nossas ou de outros, há que se repensar como estamos construindo nossa relação com Deus.
O mais significativo para nós deve ser perceber que a religião que adotamos é o meio que encontramos de construir a religiosidade em nós, do entendimento de Deus, respeitando o próximo nos caminhos que ele escolher para compreender Deus e trazê-Lo para dentro de si.

Paz e Luz em seu coração


Postado Por Rita Manta/No Caminho da Luz


Reunião ordinária do Conselho de Acompanhamento do Fundeb

29 setembro 2010 das 09:00 as 11:00 – Sede da APPI Reunião do Conselho de Acompanhamento do Fundeb para apreciação das contas do Município de ILhéus, referentes ao 2º quadrimestre de 2010. Organizado por Osman Nogueira/Presidente | Tipo: reunião, ordinária




Estão prontos para a futura primeira Dama?

Postado por Terra de Jorge

No vale-tudo do final de campanha surge hoje a figura de Verônica Maldonado dizendo “Dilma Rousseff é Lésbica, mas nunca quis assumir nosso romance publicamente”
A declaração é de Verônica Maldonado, uma doméstica que afirma ter tido um longo romance com a atual candidata à presidência da república, Dilma Rousseff.
“Nos relacionamos durante mais de quinze anos, mas quando surgiu essa oportunidade em Brasília, ela nunca mais quis saber de mim”
Verônica afirma possuir fotos, cartas e outros documentos que comprovam a relação duradoura e pretende pleitear na justiça o direito à uma pensão mensal.
“Afinal nós tivemos um relacionamento durante mais de quinze anos, período em que deixei de trabalhar, estudar, apenas para ficar com ela. Acho que tenho direitos como qualquer outra mulher!”
Segudo o advogado de Verônica, Dr Celso Langoni Filho, a possibilidade de ganho de causa é concreta, uma vez que sua cliente é capaz de comprovar a existência de uma relação estável e duradoura. Ele cita o caso da Justiça de Pernambuco, que tomou uma decisão inédita este mês ao reconhecer a união estável de duas lésbicas para fins de pagamento de pensão.
“A decisão da juíza Paula Maria Malta, da 11ª vara da família e registro civil da capital pode abrir jurisprudência para que outros juízes sigam o parecer” Afirma Celso Longoni.
Em sua decisão, a juíza alegou que o artigo 226 da Constituição diz que a família é um bem da socedade e que tem proteção especial do estado. A lei se refere ao relacionamento entre homem e mulher, mas não fala em pessoas do mesmo sexo.

Município de Ilhéus abre licitação para reforma de escolas públicas

O Município de Ilhéus lançou o edital da Tomada de Preços nº 004/2010, do tipo menor preço, para restauração de escolas públicas. A sessão pública será no dia 07-10-2010, às 9h, na sala de reuniões da comissão de licitação, na 4º andar do Prédio Anexos de Secretarias, na Rua Santos Dumont, s/nº, Centro, Ilhéus .

Serão reformadas as escolas Memorial, Nova Jerusalém, Nelson D´Oliveira, Princesa Isabel, que já foram visitadas pelo Programa O Ministério Público e os Objetivos do Milênio. A intervenção física em tais prédios é objeto de condenação em ação civil pública aforada pela 4ª Promotoria de Justiça na Vara da Infância e da Juventude de Ilhéus.

Além delas, o Município pretende reformar as unidades escolares Areia Branca, Banco Central, Banco da Vitória, Banco do Pedro, Basílio, Castelo Novo, Cantinho do Recreio, Couto, Dom Eduardo, Dom Valfredo Tepe, Fé e Alegria, Heitor Dias, Herval Soledade, Iguape, IME, Inema, Japu, Mariana Eckes, Nucleadas de Aritaguá, Olivença, Paulo Freire, Pequeno Davi, Perpetua Marques, Pimenteira, Pinóquio, Professor Osvaldo Ramos, Salobrinho, Sambaituba, Santo Antônio, Vila Nazaré, Vila Palmares, Vovô Isaac e Themístocles Andrade.

A modalidade de licitação, tipo menor preço, requer atenção. A Escola Princesa Isabel, que foi reformada em outubro de 2009, enfrentou problemas com o forro de uma das salas, que desabou no primeiro semestre de 2010.

Já a Escola Basílio teve suas salas de aulas reconstruídas em 2009, com duplo gasto ao Município de Ilhéus. Isto porque a empreiteira, apesar de receber o pagamento, não realizou a obra. O fato está sob apuração judicial, em ação de improbidade administrativa nº 0010327-93.2008.805.0103, aforada pela 8ª Promotoria de Justiça em 24-10-08, na 2ª Vara da Fazenda Pública de Ilhéus. Foi decretada a indisponibilidade de bens do ex-gestor, ex-secretários de Obras e de Educação e da empresa DSDSA, pela Juíza Luciana Carinhana, em 12-02-2009.


quarta-feira, 22 de setembro de 2010

AUGUSTO CASTRO EM IBICARAÍ

Por Politico do Sul da Bahia

.
Acompanhado por lideranças políticas e comunitárias, além de centenas de militantes, o candidato a deputado estadual Augusto Castro (PSDB) percorreu as principais ruas do município de Ibicaraí e visitou o comércio varejista em novas caminhadas.
.
No trajeto, durante o corpo-a-corpo conversou longamente com comerciários, comerciantes, dentre outros moradores e recebeu inúmeras manifestações de apoio. Ao longo do percurso os moradores pediam adesivos e outros materiais de campanha.
.
Em Ibicaraí, ao lado da liderança política do município, o líder da banda musical Trio da Huanna, Luizinho, Augusto Castro conversou e ouviu diversos relatos da população.
.
A estudante Maria das Dores Lopes do Sacramento disse que “fico muito feliz agora porque a nossa cidade terá finalmente um representante na Assembleia Legislativa. Com certeza, acredito que você terá um mandato marcado por transparência e colocará o seu gabinete à disposição de Ibicaraí e de outros municípios”.

AUGUSTO CASTRO PARTICIPA DE REUNIÃO, CONTATO POLÍTICO E CARREATA EM CANAVIEIRAS

Do Politico do Sul da Bahia

.
Após encontro com lideranças políticas e comunitárias de Canavieiras, o candidato a deputado estadual Augusto Castro foi recebido com festa no município. Coordenada por amigos e correligionários a recepção se formou na entrada da cidade.
.
A comitiva foi logo formada por correligionários e diversos amigos, a exemplo do vereador Jânio Nascimento, do presidente da liga de futebol local, Ruy Evangelista, de dr. Roberto Musselin, Orlando Fonseca e Saqueu Curaça. O grupo lidera a candidatura do Augusto Castro na cidade.
.
Durante a manifestação, no clube social local, Augusto Castro declarou que “precisamos urgentemente trabalhar para abrir novos postos de trabalho e “vender” Canavieiras em eventos fora do estado, com o intuito de atrair empresas que possam investir no setor turístico de Canavieiras, uma vez que o município já conta com essa vocação natural. E isso vamos proporcionar a partir do próximo ano. Esse compromisso assumo com vocês agora”.

Adroaldo vai a Brasília buscar mais investimentos para Itororó



Com mais de 16 obras e ações já apoiadas pelos governos estadual e federal, o prefeito de Itororó, Adroaldo Almeida, foi a Brasília a fim de solicitar outros investimentos para o município. Acompanhado pelo deputado federal Geraldo Simões(PT), o chefe do executivo municipal esteve na capital brasileira no último dia 15, indo a Subsecretaria de Assuntos Federativos para levar projetos para as áreas de Educação, Saúde, Infraestrutura e Meio Ambiente de Itororó.

Para o setor da Saúde, o prefeito de Itororó pediu recursos para a estruturação de duas novas Unidades Básicas, sendo uma para a sede e outra para o distrito de Rio do Meio, orçadas em R$ 400 mil. Ele ainda requereu a ampliação e melhoria do Sistema de Abastecimento de Água, aquisição de nova unidade móvel de saúde e elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico.

Projetos para os setores de agricultura e desenvolvimento econômico também foram incluídos nas solicitações levadas à Brasília. Os requerimentos abrangiam a implantação da Central de Beneficiamento de Carnes; modernização do Mercado Municipal; implantação de Viveiro e Jardim Clonal, com plantação de árvores frutíferas e espécies nativas para reflorestamento; além de projetos de apoio ao cooperativismo e geração de emprego e renda, como o Juventude Cidadã.

Entre as solicitações do prefeito Itororoense para o esporte, estavam recursos para a construção de quadras poliesportivas em povoados e implantação do Programa Segundo Tempo. Para a área de educação, foi pedido apoio federal para a construção e equipamento da Biblioteca Pública Municipal, mais investimentos para construção, reforma e ampliação de escolas, principalmente na zona rural.

Melhorias para as áreas de urbanismo, habitação e meio ambiente integraram ainda os requerimentos feitos ao governo federal. Foram solicitados apoios para a elaboração do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) e do Plano Local de Habitação de Interesse Social – PLHIS; aquisição de maquinário para recuperação de estradas e inclusão de Itororó no Programa Água para Todos. Os pedidos incluíram também recursos para construção de casas populares; implementação do Projeto de Gestão Integrada dos Resíduos Sólidos, com a implantação do aterro sanitário; pavimentação de ruas e drenagem das águas pluviais, com a construção do canal de 2,5 quilômetros de drenagem do Rio Colônia.

De acordo com Adroaldo Almeida, desde que assumiu a prefeitura de Itororó, em janeiro de 2009, o governo federal tem garantido apoio a diversos projetos e ações municipais. “Graças a esta parceria, nossa cidade foi contemplada com uma Agência da Previdência Social, beneficiando também municípios vizinhos. Estamos certos que conseguiremos ainda mais investimentos através das solicitações apresentadas. Temos em Brasília o deputado federal Geraldo Simões um batalhador pelas causas da nossa cidade”, destaca o prefeito.
Ascom/Itororó

Secretaria de Saúde de Itororó está entre 100 melhores do país

A Secretaria de Saúde de Itororó foi contemplada com o prêmio “Qualidade e Excelência na Saúde Pública” e está entre as 100 melhores do Brasil. O reconhecimento foi concedido durante o Encontro Nacional de Secretários de Saúde 2010, promovido pela Obregon Marketing e Eventos. Pioneira no país, a premiação busca valorizar o empenho dos gestores municipais para a otimização da qualidade de vida e saúde da população.

A entrega do prêmio à Secretaria de Saúde de Itororó aconteceu entre os dias 29 de agosto e 01 de setembro, nas cidades catarinenses de Itajaí e Balneário Camboriú. Segundo a secretária municipal de Saúde, Sirlene Pereira, é uma honra estar entre as 100 melhores do país. “Isso demonstra que nossa administração tem trabalhado no caminho certo para melhorar a qualidade de vida da população”, complementou.

De acordo com o prefeito de Itororó, Adroaldo Almeida, os avanços na área da Saúde puderam ser obtidos graças ao investimento maior da receita do município no setor. “Todos os municípios devem aplicar 15% da sua receita em saúde publica. Em Itororó, esse número oscila entre 17 % e 20%”, informa o chefe do executivo municipal.

Para conseguir mais avanços na área da Saúde, a prefeitura de Itororó desenvolve ações específicas para sanar deficiências. Durante a atual gestão, foram reformados todos os postos de atendimento, foi aberta ainda uma nova unidade do Programa de Saúde da Família(PSF) no Grande Loteamento e outra está em fase de acabamento. Foi aberto ainda um Centro de Fisioterapia Municipal, que realiza cerca de 100 atendimentos semanais, são destinados, aproximadamente, R$ 20 mil por mês à Fundação Hospitalar.

Os avanços na saúde de Itororó contam ainda com a implantação do Centro de Apoio Psicossocial (CAPS), triplicação do numero de ambulâncias, aquisição de aparelho de Raios X dental. A Secretaria Municipal de Saúde cumpre também todas as metas das campanhas de vacinação. A última a ser alcançada foi a da Poliomielite, em que 1.900 crianças com idade entre 0 e 5 anos foram imunizadas.

Ascom/Itororó

Vencemos o coronelismo, vencemos o Ibope.

21 de setembro de 2010

*Elias Reis

Domingo, dia 02 de outubro de 2006, pouco depois das 11 da noite, o candidato à Governador da Bahia Paulo Souto telefona para seu adversário, Jaques Wagner, e reconhece a derrota. Quase em seguida, na Praça Municipal, seguindo pela Rua Chile e se estendendo até a Praça Castro Alves, em Salvador, começa a comemoração, e surge uma faixa carregada pelos petistas e aliados: “Vencemos o coronelismo, vencemos o Ibope”. Sintetizava a perda do controle de ACM sobre mandonismo político baiano e o resultado surpreendente e desmoralizador sobre o Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística, presidido pelo mercantilista Carlos Augusto Montenegro.

Ciro Gomes (PSB), ainda pré-candidato à Presidente da República, numa entrevista concedida no final do mês abril deste ano ao programa “É Notícia”, apresentado pelo jornalista da Folha de São Paulo Kennedy Alencar, fez um contundente comentário desqualificando as pesquisas realizadas pelo Ibope no país. Referindo-se as pesquisas divulgadas pelo instituto na época, Ciro disse que o presidente do Ibope, Carlos Augusto Montenegro, “vendia até a mãe para ganhar dinheiro”.

“O Montenegro vende até a mãe para ganhar dinheiro, isso aí eu conheço de longuíssimas datas, vende e vende mesmo. O brasileiro não pode deixar o dinheiro, a manipulação dos institutos de pesquisa tirar a sua consciência”, disparou Ciro.

Na Bahia, em 2006, o Ibope previa até a véspera da eleição a vitória sacramentada de Paulo Souto, ainda no primeiro turno, acima de 51% dos votos válidos. Naquela eleição Wagner sempre esteve atrás, começando e se mantendo sempre em segundo lugar em todas as pesquisas, com chances remotas de sucesso. A partir do mês de agosto, a coordenação da coligação e até mesmo o candidato do PT não acreditavam em nenhuma hipótese vencer a eleição no 1º turno, tanto que sua assessoria trabalhava forte na tentativa de levar a eleição para o 2º turno. A presença de ACM na campanha para reeleição de Paulo Souto era sinal, aparentemente, de conforto e estabilidade. E, as pesquisas favoráveis contribuíam para certa tranqüilidade. Ledo engano!

Apurações feitas e, detectou-se de imediato que o Ibope errou. E errou drasticamente. Numa virada inesperada, até mesmo para o candidato Wagner, os baianos, de fato, acabavam de vez com o coronelismo instalado na primeira capital do Brasil. Às 23h, com quase 90% das urnas apuradas, não havia mais o que fazer. ACM sentado numa poltrona da governadoria do Estado refletia a grande derrota, deixando a lágrima rolar. Já no dia seguinte, 03/10, o TRE totalizava o resultado na Bahia: Jaques Wagner, eleito já no primeiro turno, contrariando as previsões dos Institutos de pesquisas, especialmente do Ibope e até mesmo os petistas mais otimistas, obtendo 52,89%, enquanto Paulo Souto, apoiado por ACM, teve apenas 43,03 dos votos dos eleitores. Situações semelhantes ocorreram em outros estados. Existem provas, segundo Ciro Gomes, que os Institutos de pesquisas manipulam. Principalmente o Ibope do mercenário Montenegro.

O candidato Jaques Wagner não confia plenamente no Ibope e sorri de forma amarelada sobre sua pontuação; os militantes estão desconfiados; parte da mídia tenta emplacar e formar opinião positiva em torno do 13, pois sabem muito bem, que as pesquisas de opinião não refletem verdadeiramente a verdade, devido o número mínimo de pesquisados. A própria vitória de Wagner em 2006, o deixa desconfiado neste pleito. Sabe que tudo é possível.

O Wagner sabe que as amostras dos institutos são estratificadas por região geográfica, capital e alguns municípios, num total máximo de 40 cidades. Em cada estrato, num primeiro estágio, são sorteados os municípios que farão parte do levantamento. Num segundo estágio, são sorteados os pontos de abordagem onde serão aplicadas as entrevistas. Por fim, os entrevistados são selecionados aleatoriamente para responder ao questionário, de acordo com cotas de sexo e faixa etária. E, sabe lá Deus como são abordados os pesquisados. Outro agravante que vem preocupando a coligação “PRA BAHIA SEGUIR EM FRENTE” é que o estado tem 417 municípios. Ou seja, existem 377 cidades que ainda não foram pesquisadas e, os números de Wagner hoje, são bem semelhantes aos de Paulo Souto em 2006. Ambos com grandes cabos-eleitorais. Em 2006 Paulo Souto se apoiava em ACM. Hoje, o galego se encosta em Lula.

*Elias Reis é articulista e Presidente do Sindicato dos Radialistas de Ilhéus.

eliasreis.ilheus@gmail.com