quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

E agora, você acha que foi crime?

          Ainda é cedo para saber se o uso de R$ 73 bilhões, de um fundo de emergência, para cobrir os considerados crimes das pedaladas, não é mais uma pedalada; não dá para saber se o governo não está mais uma vez usando artifícios contábeis, novas formas de contabilidade criativa, a mãe das pedaladas. Mas desde já, sabe-se que esta ultima semana de 2015 ficará marcada por duas notícias:
Primeira, filas em hospitais, microcefalia espalhada, sofrimentos e mortes precoces por falta de atendimento médico, porque os Estados não têm dinheiro para fazer o necessário;
Segunda, para escapar da acusação de crime fiscal, caracterizado como pedaladas, o governo usa surpreendentemente a astronômica soma de quase R$ 73 bilhões de um fundo de emergência para cobrir o deficit que tinha com bancos estatais, parte deste valor para financiar juros subsidiados a empresários, alguns falidos e envolvidos em escândalos da Lava Jato por amizade com autoridades do governo.
     Ainda é cedo para saber as consequências técnicas, financeiras e fiscais, desta ginástica fiscal, mas já é possível fazer a análise moral que no futuro marcará estas notícias do final de 2015: é indecente um governo usar um fundo de emergência para cobrir o que poderia ser considerado crime fiscal que ameaça o mandato da presidente, e não ter usado este fundo para salvar vidas, assistindo imóvel ao mais absoluto caos tomar conta dos hospitais do Rio de Janeiro e outros Estados.
     Para esconder um crime fiscal, o governo cometeu crime contra a humanidade, ao deixar pessoas sofrendo e morrendo em filas, dispondo do dinheiro necessário para ser usado com a simples assinatura da presidente em uma Medida Provisória. Como justificar uso de dinheiro para esconder erros/crime que ameaçam o impeachment do mandato e não usá-lo para enfrentar o caos na saúde pública que ameaça e vítima a vida humana.
Postado na pagina do Senador da República Cristovam Buarque https://www.facebook.com/Cristovam.Buarque/?fref=nf

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Ilhéus quita salários dos servidores da Saúde e Educação nesta quinta-feira, 31

Sede Administrativa da Prefeitura de Ilhéus. Foto Alfredo Filho Secom
Vencimentos dos funcionários da administração geral serão quitados até o quinto dia útil de janeiro, como prevê a legislação trabalhista
 Servidores vinculados às secretarias de Educação e de Saúde de Ilhéus terão disponíveis em suas contas bancárias, nesta quinta-feira, dia 31, os salários referentes ao mês de dezembro. O pagamento, de acordo com o prefeito Jabes Ribeiro, integra um esforço da administração municipal em manter em dia os vencimentos do funcionalismo, mesmo diante da situação financeira desfavorável do município.
“Enfrentamos em 2015 uma série de perdas em nossa arrecadação, o que deixou a situação mais difícil, mas mantivemos os salários rigorosamente em dia, cumprindo um compromisso assumido com o funcionalismo”, afirmou Ribeiro. O gestor destacou ainda que, como prevê a legislação trabalhista, até o quinto dia útil de janeiro, os salários da administração geral serão quitados.
 Secretaria de Comunicação Social – Secom.

Divulgada 1ª Chamada Pública de beneficiários do Minha Casa, Minha Vida em Ilhéus

 Obras dos condomínios Sol e Mar I e II estão em fase de conclusão. Foto Roberto Santos Secom -Ilhéus 
Obras dos condomínios Sol e Mar I e II estão em fase de conclusão. Foto Roberto Santos Secom Ilhéus 
Pessoas que constam na relação devem entregar documentos e passar por avaliação da Caixa Econômica. Lista visa conceder apartamentos dos condomínios Sol e Mar I e II
 A primeira chamada pública de famílias que poderão ser beneficiárias do programa Minha Casa, Minha Vida, em Ilhéus, já foi publicada no Diário Oficial do Município nesta quarta-feira, 30, que pode ser acessado através do portal eletrônico da Prefeitura, no endereço www.ilheus.ba.gov.br, ou diretamente no link http://goo.gl/zSpkXw. O trabalho de cadastramento foi realizado pelo setor de Habitação da Secretaria Municipal de 
Desenvolvimento Social (SDS). Os contemplados devem se dirigir, no período de 4 a 14 de janeiro de 2016, à sede da Secretaria, localizada à Rua Vereador Mário Alfredo S/N, bairro Conquista, para apresentar os documentos necessários à comprovação dos dados.
O recebimento da documentação, que varia de acordo com o estado civil do beneficiário, será feito das 8 às 12 horas e das 14 às 16 horas, de segunda à sexta-feira. Aos sábados, o atendimento ocorrerá somente pela manhã. A primeira chamada pública de cadastrados visa a concessão dos apartamentos dos condomínios Sol e Mar I e II, localizados no KM 2 da Rodovia Pontal Buerarema, qudispõde 2.120unidadehabitacionais, cuja obra está em fase de conclusão.
Para o prefeito Jabes Ribeiro, essa convocação demonstra a solidez do programa Minha Casa, Minha Vida em Ilhéus. “Quando assumimos a administração, em 2013, eram cerca de 1.200 unidades apenas construídas. Agora, além daquelas, já temos mais de 4.400 apartamentos sendo edificados, sendo que metade já está praticamente pronta para ser entregue no primeiro semestre do próximo ano”, garantiu o prefeito.
O secretário Jamil Ocké explica que candidatconvocadatravédachamadapúblicapasspelaseguinteetapas para ser habilitado a ter o imóvel liberado pela Caixa Econômica Federal: 1. Habilitaçãpresenciajunto à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social; 2. Inserção do grupo familiar e conferêncidsituaçãdo candidatojuntao CadÚnico; 3.Avaliaçãpela Caixa Econômicda situaçãdcandidatquantao CADIM, CADMUT, RAISCIASIReceitFederal, dentre outros.
Jamil Ocké salienta que a presença do cidadão na lista da chamada pública não significa que vai ser beneficiado com o imóvel, “pois ele precisa ainda cumprir as exigências feitas pela Caixa Econômica, que é quem financia os apartamentos e avalia a situação de cada pessoa individualmente”. O secretário ressalta que, nos próprios critérios do programa, há pessoas que possuem prioridade, como aquelas que vivem em áreas de risco, de preservação ambiental, ou outros casos. Essas pessoas fazem parte desta primeira lista.
Documentação – A documentação a ser apresentada varia de acordo com o estado civil do beneficiário. A relação completa também pode ser conferida no diário oficial do Município. Caso o candidatseja analfabeto, aléddocumentaçãcomum, ele deverá apresentar procuração lavradecartóriogarantindao seprocuradoresponder legalmentpeloprocedimentodcadastro e assinaturdcontrato juntao ProgramMinhCasa, MinhVida.
Caso o candidatseja Pessoa Com Deficiência ou dependente, aléddocumentaçãodeverá apresentar laudo médico que comprove a deficiência alegada, contendo a espécie, o grau ou o nível da deficiência e o número da CID, bem como a classificação da deficiência de acordo com decreto nº 5296,de 02/12/2004.
 Secretaria de Comunicação Social – Secom.

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

JEQUIÉ: JUSTIÇA AFASTA PREFEITA E VICE ASSUME A PREFEITURA

jtaniabritojequie

A Justiça baiana afastou ontem, dia 28, a prefeita de Jequié, Tânia Britto (PP), e o secretário municipal de Educação, João Magno Chaves, atendendo a pedido formulado pelo Ministério Público estadual.

Eles foram alvo de uma ação civil pública por ato de improbidade administrativa em virtude de terem prejudicado o ano letivo de 74 turmas de alunos da rede municipal de ensino. Segundo os promotores de Justiça Rafael de Castro Matias e Juliana Rocha Sampaio, autores da ação civil pública com pedido de afastamento cautelar, os alunos dessas turmas permaneceram sem aulas até o dia 11 de agosto desse ano, e outras três ficaram sem aulas pelo menos até o dia 14 de setembro.

“Das 74 turmas de alunos, 38 estão na zona rural, totalizando 482 alunos. As outras 36 estão na sede do município e a Secretaria Municipal de Educação foi incapaz de quantificar o número de alunos prejudicados”, destacaram os promotores de Justiça.

VICE-PREFEITO ASSUME

O vice-prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira (PSB), assumiu a chefia do Executivo, enquanto interino, após a prefeita Tânia Britto (PP) ser afastada por 120 dias.

A cerimônia de posse aconteceu na Câmara de Vereadores, presidida pelo líder do Legislativo, Eliezer Pereira da Silva Filho (PDT).

Postado por http://www.politicosdosuldabahia.com.br/v1/2015/12/29/jequie-justica-afasta-prefeita-e-vice-assume-a-prefeitura/

Réveillon de Ilhéus terá Moraes Moreira e Avenida Sete, dia 31, e Babado Novo e É o Tchan, no dia 1º

O cantor Moraes Moreira vai se encarregar de fechar o ano, na festa que será realizada na Avenida Soares Lopes. No dia primeiro de janeiro, será a vez das bandas Babado Novo e É o Tchan
Os ilheenses vão brindar a chegada de 2016, na Avenida Soares Lopes, ao som do cantor Moraes Moreira, um dos expoentes da música baiana, e da banda Avenida Sete e de Jonas Villar. E no dia 1º de janeiro a festa de réveillon continua com as bandas Babado Novo e É o Tchan. O programa Ilhéus em Ação no Verão foi apresentado nesta terça-feira, 22, pelo prefeito Jabes Ribeiro, ao lado do vice, Carlos Machado (Cacá), e pelo secretário municipal de Turismo e Esportes, Josenaldo Cerqueira, no Palácio Paranaguá.
O prefeito ressaltou que a festa de réveillon conta com o patrocínio do Governo do Estado, por meio da Bahiatursa, e parcerias da Associação de Turismo de Ilhéus (Atil) e Costa do Cacau Convention Bureau. Conforme Ribeiro, as parcerias dão o tom da programação especial que se desdobrará durante toda a alta estação em Ilhéus. “É difícil o município trabalhar sozinho, e por isso buscamos parceiros para essa programação se tornar realidade”.
 O ato de lançamento do Ilhéus em Ação no Verão contou com as presenças dos presidentes da Atil, Marco Lessa, e do Costa do Cacau Convention Bureau, Luigi Massa, do vereador Luís Carlos Escuta, representando a Câmara de Vereadores, do Sub-comandante da Capitania dos Portos, capitão de corveta, Marcos Vinicius Gomes Pereira, secretários municipais, empresários do setor de turismo e profissionais de imprensa.
Segundo o secretário de Turismo, Josenaldo Cerqueira, o projeto Ilhéus em Ação no Verão vem sendo trabalhado desde agosto último.  “A idéia sempre foi fortalecer os eventos que movimentam a cidade, e amplia opções de lazer e de eventos à nossa população e aos turistas”. O presidente da Atil, Marco Lessa, destacou a organização dessa iniciativa. “Creio que cumprimos a meta de oferecer conteúdo ao ilheense, seja na parte religiosa, de cultura, de eventos públicos e é uma programação organizada”.
Verão – Além do réveillon, a programação inclui eventos esportivos, musicais, receptivos aos turistas que chegam por transatlânticos, celebrações religiosas, jogos de verão e aulas de dança e fitness. O carnaval, por exemplo, será antecipado, com o objetivo de atrair cada vez mais visitantes, e será realizado de 22 a 24 de janeiro, em parceria com o Governo do Estado e empresas do setor privado.
Entre os meses de janeiro e fevereiro, serão realizadas apresentações de grupos musicais no Roteiro Turístico do Samba, que vai percorrer a região central de Ilhéus e praças de bairros, sempre às quintas-feiras de janeiro, fevereiro e março. Na mesma pegada, acontece o Samba no Balneário, todas as sextas de verão, no Balneário Tororomba, em Olivença.
Fé – As celebrações populares também passam pela religião, com a realização, nos dias 9 e 10 de janeiro da Puxada do Mastro de São Sebastião, em Olivença. Na semana seguinte (16 a 20), continuam as homenagens ao santo católico, com a lavagem das escadarias da Catedral. Já no dia 2 de fevereiro, serão rendidas homenagens a Iemanjá, nas praias da Maramata, zona sul, e no Marciano, no Malhado.
Esporte – No âmbito esportivo, a programação será marcada por uma variedade de modalidades. Dos Jogos de Verão – TV Santa Cruz (17, 24 e 31 de janeiro) à Regata Salvador-Ilhéus, entre os dias 22 e 23 do próximo mês. Em parceria com a TV Cabrália, serão realizadas também atividades fitness, nos dias 8 e 15 de janeiro, na Praça Castro Alves, e, 10, 17, 24 e 31, na Cabana Gabriela, na orla sul. A programação envolve ainda Campeonato de Stand Up, no dia 23, na Baía do Pontal, e o Festival de Pipas.
Receptivos – Nesta alta estação, Ilhéus recebe 27 navios de turistas, desde novembro, que devem trazer à cidade cerca de 80 mil visitantes. Para recebê-los, são realizadas atividades culturais, como apresentações de grupos afros, de samba, teatrais, além de oferecer informações turísticas.
Secretaria de Comunicação Social – Secom.

Ocupação hoteleira em Ilhéus chega a 95% dos leitos para o réveillon


     Foto Ilustrativa - Internet
Cidade oferece leque de opções pra quem quer passar o fim de ano, além de grandes festas privadas e pública
 Hotéis e pousadas de Ilhéus estão com os últimos leitos disponíveis para quem pretende passar o réveillon hospedado na cidade. Segundo estimativa da Associação de Turismo de Ilhéus (Atil), dos 8200 quartos disponíveis, 95% está ocupado para o fim do ano.
A procura pela cidade repete anos anteriores, quando a ocupação também foi alta. Nesse período, boa parte das pessoas que viajou ao exterior em 2014 não viajará esse ano, o que estimula o turismo interno. Além disso, com a alta do dólar, o turista estrangeiro está com condições de aproveitar o melhor que Ilhéus pode oferecer, afirmou o secretário de Turismo de Ilhéus, Josenaldo Cerqueira.
Opções - De acordo com o presidente da Atil, Marco Lessa, Ilhéus oferece um leque de opções de hospedagem, que varia desde pousadas de pequeno e médio portes a grandes resorts, que possuem estruturas diferenciadas e a opção de festas de réveillon privadas.
Somadas às opções de hospedagem, Ilhéus possui festas que já estão no calendário, a exemplo do Batuba Beach Sound, considerada uma das cinco maiores do Brasil em 2014. Outras festividades, como as do Jardim Atlântico Beach Resort, do Yate Clube, da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), também são atrativos para esse período.
Popular – Com atrações como Morares Moreira e Avenida Sete, o Réveillon Popular de Ilhéus, realizado pela Prefeitura com apoio do Governo do Estado e da Atil, vai movimentar, no dia 31, a Avenida Soares Lopes, um dos cartões postais da cidade. A festa terá continuidade no dia primeiro de janeiro, com shows das bandas Babado Novo e É o Tchan.

Secretaria de Comunicação Social – Secom.

Últimos dias para renegociar dívidas com anistia de juros e multas em Ilhéus

Setor de Tributos funciona em horário comercial para atender ao refis 2015 de Ilhéus. Foto Roberto Santos Secom Ilhéus
A adesão possibilita que os contribuintes em débito com o Município renegociem suas dívidas com desconto em multas e juros
Termina nesta quarta-feira, dia 30 de dezembro, o prazo para os contribuintes (pessoas físicas ou jurídicas) que possuem dívidas com o Município de Ilhéus aderir ao Programa de Regularização Fiscal (Refis 2015), aprovado pela Câmara de Vereadores e executado pela Prefeitura. A adesão possibilita a renegociação e o pagamento de tributos próprios, como, por exemplo, o IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial Urbana). Os interessados devem procurar a Gerência de Tributos da Secretaria da Fazenda (Sefaz), localizada no térreo do Palácio Paranaguá, no centro da cidade, em horário comercial.
Todos os débitos relativos aos tributos administrados pelo Município, vencidos até 2014, podem ser renegociados. Além de anistiar parte dos encargos, o programa prevê o parcelamento do saldo devedor em até dez vezes, como lembra o gerente da Administração Tributária da Sefaz, Fernando Fernandes. Em sua primeira etapa, o Refis 2015 concedeu abatimento de 100% dos juros e multas, o que atraiu centenas de contribuintes.
A funcionária da Prefeitura de Ilhéus, Margarida Zaidan, disse que o Refis é uma excelente oportunidade para quitar eventuais débitos com o Município. “É sempre bom estar em dia com os nossos compromissos. E este programa proporciona isso ao facilitar os pagamentos”, acrescentou, momentos antes de ser atendida por um dos servidores da Secretaria da Fazenda.
A Gerência de Tributos da Prefeitura de Ilhéus mantém equipe exclusiva para atender os contribuintes que procuram adesão ao Refis. Para o prefeito Jabes Ribeiro, o abatimento em juros e multas é uma oportunidade para quem deseja sanar dívidas com o município e evitar execuções judiciais. “Além disso, com esses pagamentos, o contribuinte auxilia a manutenção de obras e o pagamento dos salários em dia”, acrescenta o chefe do Executivo ilheense.
Parcelamento - O débito com o Município também pode ser parcelado. Fernando Fernandes explica que à medida que o contribuinte opte por parcelar a dívida, diminui o percentual de anistia sobre as multas e juros. Em caso de parcelamento, a lei do Refis 2015 prevê valores de mensalidades mínimas, da seguinte forma: 40 reais para pessoas físicas e R$ 70 para pessoas jurídicas.
 Secretaria de Comunicação Social – Secom.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

IBGE abre concurso público para 600 vagas

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abriu dois concursos públicos para o total de 600 vagas: 140 vagas para os cargos de analista de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatísticas e de tecnologista em informações geográficas e estatísticas, ambos de nível superior de escolaridade, e 460 para técnico em informações geográficas e estatística, de nível médio.

Aos candidatos que se declararem negros será reservada a cota de 20% das vagas para cada cargo.

Nível superior= Para nível superior, são 90 vagas para o cargo de analista e 50 vagas para o cargo de tecnologista.
Para o cargo de analista há vagas nas áreas de análise de projetos, análise de sistemas/desenvolvimento de aplicações - web mobile, análise de sistemas/desenvolvimento de sistemas, análise de   sistemas/suporte operacional, análise em biodiversidade, auditoria, ciências contábeis, design instrucional, educação corporativa, engenharia agronômica, engenharia civil, geoprocessamento, jornalismo/redes sociais, orçamento e finanças, planejamento e gestão, processos administrativos disciplinares, recursos humanos - administração de pessoal, recursos humanos -  desenvolvimento de pessoas e recursos materiais e logística.
Para tecnologista, as vagas são em biblioteconomia, economia, engenharia  cartográfica, engenharia  florestal, estatística, geografia e programação visual/web-design.
O total da remuneração bruta poderá chegar a R$ 7.662,49 para os servidores sem titulação, a R$ 8.055,41 para os portadores de certificado de especialização, a R$ 8.448,33 para os portadores de título de mestre e a R$ 9.396,88 para os portadores de título de doutor.
As vagas são para o Rio de Janeiro, Brasília, Vitória, Belo Horizonte, Cuiabá, Florianópolis, Manaus, Macapá, Belém, Recife, Teresina, Natal, Porto Alegre, São Paulo, Goiânia e Salvador.

A seleção contempla aplicação de provas objetivas para todas as áreas de conhecimento dos cargos de analista e de tecnologista; aplicação de prova discursiva para o cargo de analista - área de conhecimento de análise de sistemas/desenvolvimento de sistemas; aplicação de prova prática para o cargo de analista - área de conhecimento de design instrucional e para o cargo de tecnologista - área de conhecimento de programação visual/webdesign.
A prova objetiva para os cargos de analista e tecnologista, exceto analista - área de conhecimento de análise de sistemas/desenvolvimento de sistemas, será realizada no dia 10 de abril de 2016, das 13h às 17h, segundo o horário oficial da cidade de Brasília-DF.
A prova objetiva para o cargo de analista - área de conhecimento de análise de sistemas/desenvolvimento de sistemas será realizada na cidade do Rio de Janeiro no dia 10 de abril de 2016, das 13h às 18h, juntamente com a prova discursiva.
Nível médio= As vagas para técnico em informações geográficas e estatística são para várias cidades do país.

O total da remuneração bruta para técnico em informações geográficas e estatística poderá chegar a R$ 3.319,45 para os servidores sem gratificação de qualificação, que ocorre de acordo com os cursos que o candidato possuir, e a R$ 4.858,61 para os que possuem cursos de graduação ou pós-graduação, em nível de especialização, mestrado ou doutorado.
A seleção será feita por meio de prova objetiva, que será no dia 17 de abril, das 13h às 17h.
Inscrições= As inscrições devem ser feitas de 4 a 28 de janeiro de 2016 pelo site www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/ibge. A taxa é de R$ 69 para os cargos de nível superior e de R$ 49 para nível médio.
Os candidatos inscritos realizarão as provas no município no qual optaram por concorrer às vagas.
Fonte: G1
Postado por http://blogefecinco.blogspot.com.br/2015/12/ibge-abre-concurso-publico-para-600.html

Trânsito de Ilhéus sofrerá mudanças neste fim de ano

Semáforo na entrada da Princesa Isabel, em Ilhéus, é um dos que ficará intermitente - Foto Roberto Santos Secom Ilhéus
Alterações servem para dar mais fluidez ao tráfego em época de aumento do número de carros nas ruas
 Com o intuito de reduzir os impactos do aumento do fluxo de veículos no perímetro urbano do município nesta época do ano, a Superintendência de Trânsito (Sutran) de Ilhéus manterá alguns semáforos intermitentes (piscando no amarelo) a partir desta segunda-feira, 28 de dezembro, até o dia 2 de janeiro de 2016. Já a partir das 7h do dia 31, até às 0h do dia seguinte, estará bloqueado o acesso à ponte Lomanto Júnior a partir da Avenida Princesa Isabel.
De acordo com o superintendente Isaac Vinhas, estarão intermitentes os seguintes semáforos: cruzamento da Sapetinga (Av. Lomanto Júnior); saída do aeroporto para a Avenida Lomanto Júnior; Cruzamento da Rua Maria Quitéria, no centro; cruzamento da Praça Cairú; cruzamento das ruas Bento Berilo e Santos Dumont; cruzamento das avenidas Itabuna com a Princesa Isabel.
 Secretaria de Comunicação Social – Secom.

Senado aprovou proposta que garante mais mulheres na política

Senado aprovou proposta que garante mais mulheres na política.
Senado aprovou proposta que garante mais mulheres na política.
A desigualdade de gênero foi um dos motivos pelos quais o Brasil perdeu em 2015 uma posição no ranking do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). A informação consta de relatório do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) divulgado em dezembro. O país ficou com a 75ª posição em 188 nações.
Essa disparidade se reflete na política, como demonstra o documento O Trabalho como Motor do Desenvolvimento Humano, do Pnud. O documento mostrou que o Brasil está na 97ª posição entre 155 países do mundo quando se compara a realidade dos homens com a das mulheres. Conforme os índices do estudo, só 9,6% dos assentos no parlamento são ocupados por mulheres.
Aumentar essa proporção é o objetivo de uma proposta de emenda à Constituição aprovada em 2015 no Senado. A PEC 98/2015 está em análise agora na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados, onde ganhou o número de 134/2015. O texto aprovado no Senado em setembro assegura a cada gênero – masculino e feminino – percentual mínimo de representação nas três próximas legislaturas: 10% das cadeiras na primeira legislatura, 12% na segunda e 16% na terceira.
No caso de o percentual mínimo não ser atingido por um determinado gênero, as vagas necessárias serão preenchidas pelos candidatos desse gênero com a maior votação nominal individual entre os partidos que atingiram o quociente eleitoral. A medida abrange a Câmara dos Deputados, assembleias legislativas, Câmara Legislativa do Distrito Federal e câmaras municipais.
Reforma política
A proposta de emenda à Constituição que visa aumentar a participação feminina na esfera política nasceu na Comissão da Reforma Política. Chegou ao Plenário do Senado e foi aprovada em 8 de setembro, em segundo turno, com 52 votos favoráveis e cinco contrários.
O líder do PT, Humberto Costa (PE), foi um dos que defenderam a mudança na Constituição. Para ele, o passo ainda foi pequeno. Vários parlamentos do mundo, como ressaltou, têm políticas de cotas para as mulheres.
— As condições para que as mulheres façam política no nosso país são absolutamente adversas. Uma proposta como essa, apesar de extremamente tímida e limitada, pelo menos representa uma medida de discriminação positiva, que pode ser ampliada — disse Humberto Costa.
A senadora Lídice da Mata (PSB-BA), por sua vez, afirmou não ser possível acreditar que haja poucas mulheres na vida pública porque elas não gostam de política.
— Ora, pelo amor de Deus, é claro que existem situações bastante diferentes para que as mulheres tenham acesso ao poder político. Nós conquistamos o direito de voto depois dos homens, e até hoje o nosso direito de ser votada é restrito a uma série de condições difíceis de serem acessadas — observou Lídice.
Já a senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) torce para que a Câmara dos Deputados também aprove a proposta de emenda à Constituição. Disse que a proposta não é exatamente o que desejava, mas um primeiro passo para muitas mulheres que querem se candidatar.
— Hoje muitas querem ser candidatas, mas temos ainda, culturalmente, a responsabilidade de crianças, de família e sabemos que há um peso muito grande para a mulher, quando ela é candidata, sem apoio específico, também partidário, para conseguir avançar — recordou Marta.
Além da proposta de emenda, a reforma política trouxe mais um instrumento legal para estimular a participação feminina na política.  A Lei 13.165/2015 determina que nas três próximas eleições os partidos devem reservar entre 5% a 15% do dinheiro do Fundo Partidário para o financiamento das campanhas eleitorais das candidatas.
*Com informações da Agência Senado.
Postado por Jornal Grande Bahia