sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

PAINEL DE PREVISÃO

Painel Lombardi fica quase que dentro do SIT.

 Ventilador da sala de atendimento do SIT, para clientes e funcionários  
SIT-Terminal Urbano e o Painel Lombardi quase ninguém conhece e sabe qual sua utilidade

Esse painel é um equipamento que aparentemente deveria servir a população para acompanhar a localização dos ônibus e seus percursos, no sentido de auxiliar nos horários etc, mais pelo que parece, sua utilidade é apenas fictícia, uma vez que está mal localizado, deveria está visível ao terminal urbano e em outros pontos como os do centro, paredão e o em frente a ladeira do hospital São José. Pelo jeito o descaso do sistema público de transporte para com o cidadão ilheense não fica só nos veículos velhos e sem condições nenhuma de compor a frota que Ilhéus merece, pelo preço absurdo que paga o cidadão  na passagem, R$ 3,50 perdendo apenas para a capital que era de R$ 3,60 até dia 1º de janeiro de 2018, majorado a partir do dia 02 ultimo para R$ 3,70, percebe-se que até a majoração foi exorbitante em correlação a da capital, diferença de R$ 0,30 centavos a mais em Ilhéus. se não bastasse, nesse calor que assola a cidade por conta da intensa temperatura por conta do verão, funcionários e clientes do SIT reclamam por conta de um único ventilador, que não está resolvendo a situação, verdadeiro caos para aqueles que utilizam diuturnamente aquela unidade de atendimento. 

Chama-se atenção para esses descaso dos sistemas, tanto o privado, tanto o público, um no sentido de servir à população a contento diante do que se paga pelos serviços, que não se tem o minimo de qualidade, o outro no sentido de proteger o direito dos seus munícipes, através de fiscalização de efeitos imediatos, com atitudes que vão desde a multa no não cumprimento da normativas contratuais concessionais, até mesmo a suspensão desta.  Sob pena de quem sempre pagar a conta e sofrer as consequência ser o cidadão que honra seus impostos regularmente, e merece pelo menos o respeito desses dois sistemas institucionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário