terça-feira, 6 de novembro de 2018

Alunos da Uesc ficam sem ônibus que segue pela Avenida Itabuna por falta de cobrador.

Imagem - Internet
Essa foi a resposta que alunos da Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC/IFB/SENAI receberam da empresa São Miguel Transportes, ao ligar hoje pela manhã por volta de 07:35hs, pasmem, por falta de cobrador, enquanto isso aqueles alunos que não podem pegar o via Princesa Isabel, simplesmente ficam no aguardo do Avenida Itabuna e perdem suas primeiras aulas, por mais um descaso da prestadora de serviço de transporte urbano da cidade de Ilhéus.

Para esclarecimento público, a Empresa de Transportes São Miguel detentora da concessão do transporte publico de Ilhéus, juntamente com a Viâmetro, assumiram colocar transporte publico (pago, digno de passagem), dos Bairros Condomínio Sol e Mar, Nossa Senhora das Vitórias, Ilhéus II, Barreira, Hernani Sá, Nelson Costa, Pontal e Princesa Isabel, da  Zona Sul, enquanto que Iguape, Jardim Savóia, Barra, Parque Infantil, Avenida Esperança, compreendendo Zona Norte, todos sentido UESC/IFBA/SENAI, nos três turnos, porém obedecendo os horários estudantil. No particular Zona Sul, a empresa que presta esse serviço, caótico por sinal, pelas mazelas que pode se apontar desde da falta de cobrador, como foi justificado aos alunos hoje, perpassa pela má qualidade estruturais dos ônibus, velhos, furados, quando chove é um Deus nos acudam, veículos quebrando constantemente na rodovia, motoristas mal humorados, provavelmente pelo próprio descaso, que afeta também o comportamento do profissional, enfim, a situação chega a um limite insuportável por parte do alunato que depende dos ônibus que circulam em direção a essas três instituições de instrução profissional.

Fica-se a imaginar que tipos e comportamentos esses futuros profissionais vão ser/vão ter no exercer das suas profissões, o que esperar destes ao enfrentar uma a duas, até três horas, para ir a instituição de ensino para o seu aprendizado, chegam no minimo estressados, sua formação, inquietante diante desse infortúnio diário. Se faz necessário que as empresas, nesse caso a em questão, que alimenta o transporte da zona sul para as instituições de ensino que ficam as margens da BR 415, refaça seu conceito em relação ao tratar do alunato dessas instituições, pois os mesmos merecem todo o respeito e atendimento de excelência no/do transporte coletivo (pseudo universitário), que passem atender com qualidade a esse publico, que serão os futuros quem sabe donos ou administradores desse seguimentos. Aos poderes executivo e legislativo respectivamente, que façam, aprovem e sancionem, uma emenda ao contrato de concessão do transporte público da cidade de Ilhéus, para que tornem as linhas sentido Bairros/instituições de ensino as margens da BR 415 obrigatória desde das 06hs da manhã as 22:30hs ininterruptas, diariamente de segunda a sábado, uma vez que o alunato dessas instituições vão e vem a todo instante das suas residencias e locais de trabalho para as universidades e institutos de ensino daquela regional independente de fixar e limitar horários. 

Quanto ao sistema de integração em estudo e quase a implantar na cidade, enquanto tivermos barricas velhas rodando, não houver um choque na gestão para inovar consideravelmente as frotas, o poder público, criar 03 estações de transbordo (Terminal Urbano, Avenida Litorânea e Rodoviária) esta ultima deslocando-a para o "elefante branco" do Porto Seco após Banco da Vitória, e a partir desse conglomerado, ônibus sanfonados do Atacadão/Macro/Cidadelli a estação de transbordo que funcionaria na velha rodoviária. Fica a dica.

Postado por Corsário News

Comissão tenta novamente votar projeto da Escola sem Partido

Reunião ordinária
Manifestantes lotaram o plenário da comissão na semana passada
comissão especial que analisa o projeto de lei da chamada Escola sem Partido (PL 7180/14) volta a se reunir nesta quarta-feira (7) para discutir o substitutivo do relator, deputado Flavinho (PSC-SP).
O texto sugere algumas mudanças em relação ao parecer anterior, entre elas a inclusão de artigo determinando que o Poder Público não se intrometerá no processo de amadurecimento sexual dos alunos nem permitirá qualquer forma de dogmatismo ou tentativa de conversão na abordagem das questões de gênero.
Estão mantidas no texto uma série de proibições para os professores das escolas públicas e privadas da educação básica, como promover suas opiniões, concepções, preferências ideológicas, religiosas, morais, políticas e partidárias. Além disso, está mantida a proibição, no ensino no Brasil, da “ideologia de gênero”, do termo “gênero” ou “orientação sexual”.
Na semana passada, alunos e professores lotaram o plenário da comissão para protestar contra a matéria. Houve embate com alguns defensores do Escola sem Partido, que também estavam no plenário em menor número.
Por causa disso, o deputado presidente da comissão, deputado Marcos Rogério (DEM-RO), não descarta a hipótese de a nova reunião ser fechada ao público. A oposição, no entanto, já avisou que não aceitará que a reunião seja fechada. 
A votação da semana passada acabou adiada por causa do início das votações no Plenário da Câmara.

Nesta quarta há ainda a possibilidade de um pedido de vista adiar novamente a votação.
A comissão volta a se reunir no plenário 1 a partir das 14 horas.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

Da Redação – ND
Postado por Agencia da Câmara

domingo, 28 de outubro de 2018

Confira os governadores eleitos no 2º turno em 13 estados e no DF


  • Centro-Oeste
No Distrito Federal, Ibaneis (MDB) foi eleito governador. Com 100% das urnas apuradas, ele obteve 69,79% dos votos válidos. Ele venceu o atual governador, Rodrigo Rollemberg (PSB), que teve 30,21%.
No Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB) foi reeleito governador. Com 98,10% das urnas apuradas, ele tinha 52,35% dos votos válidos, contra 47,65% de Juiz Odilon (PDT).
  • Norte
No Amapá, Waldez Góes (PDT) foi reeleito governador. Com 99,47% das urnas apuradas, ele tinha 52,36% dos votos válidos, contra 47,64% de João Capiberibe (PSB).
No Amazonas, Wilson Lima (PSC) é o novo governador. Com 90,54% das urnas apuradas, ele tinha 59,59% dos votos válidos, contra 40,41% do atual governador, Amazonino Mendes (PDT).
No Pará, Helder Barbalho (MDB) foi eleito governador. Com 85,56% das urnas apuradas, ele tinha 55,26% dos votos válidos. Ele disputou o segundo turno com Marcio Miranda (DEM), que tinha 44,74%.
Em Rondônia, Coronel Marcos Rocha (PSL) foi eleito governador. Com 81,71% das urnas apuradas, ele tinha 65,83% dos votos válidos, contra 34,17% de Expedito Junior (PSDB).
Em Roraima, Antonio Denarium (PSL) foi eleito novo governador. Com 93,75% das urnas apuradas, ele tinha 53,50% dos votos válidos, contra 46,50% de José de Anchieta Júnior (PSDB).
  • Nordeste
No Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT) foi eleita governadora. Com 87,87% das urnas apuradas, ela tinha 57,47% dos votos válidos. Carlos Eduardo (PDT) tinha 42,53% dos votos.
Em Sergipe, foi reeleito o governador Belivaldo Chagas (PSD). Com 84,82% das urnas apuradas, ele tinha 64,36% dos votos válidos. Ele disputou o segundo turno com Valadares Filho (PSB), que contava com 35,64%.
  • Sudeste
Em Minas Gerais, Romeu Zema (Novo) foi eleito governador. Com 74,99% das urnas apuradas, Zema contava com 71,28% dos votos válidos. Antonio Anastasia (PSDB) tinha 28,72%.
No Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC) é o novo governador. Com 82,36% das urnas apuradas, ele tinha 60,29% dos votos válidos. Eduardo Paes (DEM) tinha 39,71%.
Em São Paulo, o governador eleito é João Dória (PSDB). Com 91,85% das urnas apuradas, ele tinha 51,85% dos votos válidos, contra 48,15% de Marcio França (PSB).
  • Sul
No Rio Grande do Sul, foi eleito Eduardo Leite (PSDB), que disputou o segundo turno com o atual governador, José Ivo Sartori (MDB). Com 84,68% das urnas apuradas, Leite tinha 52,88% dos votos válidos, contra 47,12% de Sartori.
Em Santa Catarina, Comandante Moisés (PSL) é o novo governador. Com 80,6% das urnas apuradas, ele contava com 71,09% dos votos válidos. Ele disputou o segundo turno com Gelson Merísio (PSD), que tinha 28,91%.

Postado por Agencia da Câmara

Jair Bolsonaro é eleito presidente do Brasil


Alex Ferreira/Câmara dos Deputados
Homenagem aos 65 Anos do Esquadrão de Demonstração Aérea – EDA - Esquadrilha da Fumaça. Dep. Jair Bolsonaro (PSC - RJ)
Jair Bolsonaro está em seu sétimo mandato de deputado federal
O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ) foi eleito neste domingo (28) presidente do Brasil. A confirmação veio às 19h22, quando o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) havia apurado 94,44% das urnas em todo o País. Até esse momento, Bolsonaro tinha 55,54% dos votos válidos, contra 44,46% dados ao seu adversário, Fernando Haddad (PT).
Às 22h30, com 99,99% das urnas apuradas, Bolsonaro tinha 57,8 milhões de votos (55,3% dos votos válidos); e Haddad, 47,03 milhões de votos (44,87% dos votos válidos). No primeiro turno, ocorrido no último dia 7, Bolsonaro obteve 46,03% dos votos válidos e Haddad 29,28%.
O novo presidente, que vai substituir Michel Temer, toma posse no dia 1º de janeiro de 2019 em solenidade no Congresso Nacional. O vice-presidente eleito é o general da reserva Hamilton Mourão (PRTB).
Após a confirmação da eleição, Bolsonaro fez pronunciamento em sua residência no Rio de Janeiro, divulgado em rede social, em que citou a Bíblia, criticou a esquerda e disse que governará ao lado da Constituição. Ele também agradeceu aos médicos que cuidaram de sua saúde após o atentando à faca que sofreu em 6 de setembro.
Em São Paulo, Haddad agradeceu seus eleitores e disse que vai defender o pensamento e as liberdades desses brasileiros. Ele prometeu oposição pela democracia, em um momento no qual as "instituições são colocadas à prova a todo instante".
Perfil
Jair Bolsonaro é natural de Campinas (SP), onde nasceu em 1955, é casado pela terceira vez e tem cinco filhos, dos quais três são políticos – Flávio é deputado estadual pelo Rio e foi eleito senador no último dia 7; Eduardo foi reeleito deputado federal por São Paulo e Carlos é vereador no Rio de Janeiro.

Capitão reformado do Exército, Bolsonaro iniciou a trajetória política como vereador no Rio, em 1989. Em 1991, assumiu uma vaga na Câmara dos Deputados e foi reeleito desde então, encontrando-se no sétimo mandato. Nesse período, passou por diversos partidos, até a filiação ao PSL em março deste ano, como parte da estratégia para disputar a Presidência da República.
Esta é somente a segunda vez, no período republicano, que um deputado federal é eleito presidente da República no curso do mandato. O primeiro foi Jânio Quadros, eleito para o Planalto em 1960, quando era deputado pelo Paraná.
O plano de governo de Bolsonaro propõe uma agenda conservadora nos costumes, com ênfase na segurança pública, e liberal na economia, com promessas de reduzir os gastos públicos.
A campanha eleitoral ficou marcada pelo atentado contra Bolsonaro, que foi esfaqueado na região do abdome pelo ajudante de pedreiro Adélio Bispo de Oliveira no dia 6 de setembro, durante agenda de campanha em Juiz de Fora (MG). O atentado levou o candidato a passar por duas cirurgias, e uma terceira está marcada para dezembro para restabelecer o trânsito intestinal. No início de outubro, o pedreiro se tornou réu na Justiça pela tentativa de assassinato.
Transição
A partir de agora, o presidente eleito deverá iniciar as negociações para formar o governo e conseguir montar uma base de apoio parlamentar na Câmara dos Deputados e no Senado. Na Câmara, seu partido obteve 52 cadeiras, número que o coloca como segunda força da Casa – atrás apenas do PT, com 56 deputados. A Câmara tem 513 deputados.

Além do trabalho político de costura do novo governo e da maioria parlamentar, Bolsonaro deverá montar uma equipe para fazer a ponte entre o governo que está deixando o Palácio do Planalto e o dele. A Lei 10.609/02autoriza o candidato eleito a instituir uma equipe de transição, formada por até 50 membros.
A equipe tem o objetivo de se inteirar do funcionamento dos órgãos que compõem a administração pública federal e preparar os atos a serem editados imediatamente após a posse.
O governo Temer já anunciou que o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, será o responsável por centralizar as informações e fazer a interlocução com o novo governo.

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Bloco Afro Malê Debalê Promove 1ª Feijoada de Camisa



Ascom do Bloco Malê

Corregedoria do MPF ouvirá cidadãos presencialmente entre 17 e 25 de outubro na Bahia

O objetivo é verificar a regularidade do serviço, a eficiência e a pontualidade do membro do MPF no exercício de suas funções e o cumprimento das obrigações legais


No mês de outubro, entre os dias 17 e 25, a Corregedoria-Geral do Ministério Público Federal (MPF) ouvirá, presencialmente, o que o público tem a dizer sobre a atuação do órgão em sete unidades do órgão na Bahia (confira datas e locais abaixo). O cidadão que quiser contribuir, mas não puder comparecer, pode preencher o formulário online disponível na página da Corregedoria do MPF.

A correição tem o objetivo de verificar a regularidade do serviço prestado, a eficiência e a pontualidade do membro do MPF no exercício de suas funções e o cumprimento das obrigações legais. A correição levanta, ainda, as dificuldades e necessidades das unidades, que serão encaminhadas aos órgãos superiores para aprimorar a atuação do órgão.
Atendimento por telefone – Nas unidades do MPF em Alagoinhas, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Campo Formoso, Feira de Santana, Guanambi e Vitória da Conquista, o atendimento ao público será feito no dia 17 de outubro, das 14h às 16h, por meio de contato telefônico com a Sala de Atendimento ao Cidadão da PR/BA – (71) 3617-2200.
Confira os dias de correição com atendimento presencial ao público nas unidades do MPF na Bahia:
Procuradoria da República na Bahia (Salvador)
Data: 17 de outubro
Endereço: Rua Ivonne Silveira, 243, Loteamento Centro Executivo – Doron
Telefone: (71) 3617-2200
Atendimento ao público: das 14h às 16h
PRM Eunápolis
Data: 23 de outubro
Endereço: 
Rua Padre João Gualberto Magalhães, n° 652, Vivendas Costa Azul.
Telefone: 
(73) 3511-7000
Atendimento ao público: das 14h às 16h
PRM Ilhéus/Itabuna
Data: 24 de outubro
Endereço: 
Av. Vereador Marcos Paiva (antiga Av. Bahia), 31, Cidade Nova.
Telefone: 
(73) 3221-4050
Atendimento ao público: das 14h às 16h
PRM Irecê
Data: 25 de outubro
Endereço: 
Rua Taquari, nº 176, Recanto das Árvores.
Telefone: 
(74) 3688-6900
Atendimento ao público: das 10h às 12h
PRM Jequié
Data: 23 de outubro
Endereço: 
Rua Apolinário Peleteiro, nº 15, Centro.
Telefone: 
(73) 3528-7200
Atendimento ao público: das 10h às 12h
PRM Paulo Afonso
Data: 15 de outubro
Endereço: 
Rua Tancredo Neves, Lote 148 A, Quadra 12, Alves de Souza.
Telefone: 
(75) 3282-3800
Atendimento ao público: das 16h às 18h
PRM Teixeira de Freitas
Data: 22 de outubro
Endereço: Av. Getúlio Vargas, nº 3421, Ed. Esmeralda, salas 401 a 410, Centro.
Telefone: (73) 3292-4350
Atendimento ao público: das 14h às 16h

13 motivos para consumir chia, a semente da vez

Matéria publicada em terça-feira, 1 de novembro de 2011 por esse blog, diante da importância do assunto aos nossos leitores, levamos a público novamente nesta data, trazendo um novo link de orientação para aqueles que consome esse produto. 

Acesse https://deber.com.br/chia/ e fique por dentro da campanha a favor dos alimentos saudáveis.


Ela está lotada de ômega-3, cálcio, fibras, ferro e diversos outros nutrientes

Postado em Minha vida.com

por Carolina Gonçalves 
 
Novidade nas prateleiras brasileiras, a chia, uma semente encontrada no sul do México, está prometendo um caminhão de vantagens para a saúde. Riquíssima em uma série de nutrientes, o grão também pode ser um grande aliado da dieta.

Ela está disponível no mercado de três formas: óleo, farinha e grão inteiro. O óleo pode ser usado como temperos de saladas e pratos em geral, e a farinha ou o grão podem ser adicionados em iogurtes, vitaminas, tortas, bolos, saladas, sucos, entre outras receitas.

"A porção diária recomendada é de 25 gramas, o equivalente a uma colher de sobremesa", diz a nutricionista Roseli Rossi, da Clínica Equilíbrio Nutricional. Caso você passe um pouco dessa recomendação, não há grandes problemas, mas é importante não exagerar e manter sempre a dieta equilibrada, pois a chia é um tanto calórica - são 164 calorias por porção da semente. Confira tudo o que essa colherzinha diária pode fazer pela sua saúde!
semente de chia - foto Getty Images
Efeito tira-fome 
A semente de chia é rica em fibras tanto solúveis quanto insolúveis. A nutricionista Roseli Rossi, da Clínica Equilíbrio Nutricional, conta que essas fibras ajudam a regular o trânsito intestinal, evitando ou tratando a prisão de ventre, por exemplo. Enquanto a aveia possui 9,1g de fibras a cada 100g do grão, a chia tem 13,6g de fibra. "Ela também proporciona mais saciedade, pois em contato com líquido no interior do estômago forma uma espécie de 'gel' que dilata o estômago, ajudando também no emagrecimento", explica.