terça-feira, 6 de setembro de 2016

Ceplac precisa de orçamento e renovação de seus quadros, afirma prefeito de Ilhéus




 O prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, disse durante a cerimônia comemorativa do Dia Internacional do Cacau, 4, que “a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) precisa fundamentalmente de orçamento com dinheiro e de renovação de seus quadros”, e foi aplaudido pela plateia que lotou o auditório Hélio Reis, no Centro de Pesquisas do Cacau (Cepec). O evento aconteceu na manhã de domingo, com a presença do ministro interino da Agricultura, Eumar Novacki, do vice-governador da Bahia, João Leão, senador da República, Roberto Muniz, do deputado federal, Cacá Leão, dos deputados estaduais Eduardo Sales e Rosemberg Pinto, reitora da UESC, Adélia Pinheiro, do presidente da Amurc, LenildoSantana, entre outros.

O diretor geral da Ceplac, Sérgio Murilo Oliveira, abriu a solenidade e agradeceu a todos que têm estendido a mão em apoio ao fortalecimento da instituição. “Não existe cacau sem Ceplac. Não existe Ceplac sem cacau”, resumiu Sérgio Murilo.  Considerando o atual contexto da cacauicultura, o prefeito Jabes Ribeiro declarou ainda ter absoluta convicção de que não apenas o cacau, mas “a produção de chocolate é de fundamental importância para o desenvolvimento da região”.

O senador Roberto Muniz garantiu amplo compromisso pelo fortalecimento da Ceplac, na perspectiva de que o cacau “é o maior amigo do meio ambiente”. Por sua vez, o vice-governador João Leão, que é também secretário de Planejamento do Estado, afirmou que o plano do governo baiano é recuperar o índice de desenvolvimento da região do cacau, já que hoje o PIB estadual está concentrado na região metropolitana de Salvador. “E aqui, o espelho da região é a Ceplac”, afirmou Leão.

Ao representar o Ministro da Agricultura, Blairo Maggi – que estava na China, o secretário executivo Eumar Novacki falou da acolhida que recebeu no Sul da Bahia e de tudo que pôde aprender sobre a cacauicultura durante dois dias de visita à região. As atividades foram iniciadas no sábado e o ministro teve a oportunidade de conhecer todos dos departamentos da Ceplac e ouvir explicações dos técnicos sobre o que é produzido em cada um deles.  “Conversei com o Ministro sobre tudo que vi, ouvi e senti aqui em Ilhéus e na região. E agora posso dizer aos senhores: a Ceplac não vai acabar”, garantiu.   

Premiação – A comemoração pelo Dia Internacional do Cacau reuniu grandes e pequenos produtores de cacau em clima de otimismo. Durante o evento, o superintendente regional da Ceplac, Adonias de Castro, anunciou os ganhadores dos prêmios de destaques da lavoura cacaueira em 2016.  O “Cacauicultor do Ano” foi para o produtor Lindoel Amaral Farias, um ilheense que atua na região de Gandu.

O destaque como jovem empreendedora rural foi escolhida Maria Natiely Santos, do município de Barro Preto. E o destaque da agricultura familiar foi a senhora Maria Conceição de Jesus, que tem o sonho de produzir chocolate no assentamento onde reside. O Destaque Inovação Tecnológica da Fabricação de Chocolate foi para o ex-funcionário da Ceplac Raimundo Mororó, que há 40 anos atua no setor.


 Secretaria de Comunicação Social – Secom

Nenhum comentário:

Postar um comentário