quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Vereadores e servidores públicos municipais do Cariri participam de capacitação da CGU



Os presidentes das Câmaras de Vereadores de Boa Vista Carlos Antônio Macedo e de São João do Cariri Francisco Júnior juntamente com servidores públicos municipais de Sumé, São João do Cariri e Boa Vista participaram nos dias 29 e 30/10, na Estação Ciência Cabo Branco, em João Pessoa, de uma importante capacitação do programa de Capacitação Brasil Transparente, realizada pela Controladoria-Geral da União (CGU), cujo objetivo principal foi esclarecer sobre a Lei 12.527/2011, que trata do acesso à Informação Pública das Prefeituras e Câmaras Municipais.
Para o Vereador Antônio Macedo de Boa Vista, esta capacitação veio ajudar os municípios na regulamentação da LAI, contribuindo desta forma com a democracia através de sua aplicabilidade, já que as prefeituras e câmaras ainda têm muita dúvida em relação a lei de acesso as informações públicas.

Antônio Macedo lembrou que o Poder Legislativo de Boa Vista já tem tomado algumas atitudes, e que inclusive já instalou o site e portal da transparência (www.boavista.pb.leg.br/), onde o cidadão pode ficar bem informado das despesas, receitas, contratos, licitações, processos legislativos, agenda dos parlamentares, e principalmente, a transparência dos gastos com o recurso público. Para o parlamentar boavistense, uma das ferramentas mais importantes é a ouvidoria da Câmara de Boa Vista, onde o cidadão pode sugerir pauta, questionar a movimentação de determinados processos, criticar, e acima de tudo, exercer sua cidadania. 
Além dos vereadores Antônio Macedo e Francisco Júnior estiveram presentes a capacitação da CGU, a assessoria de comunicação da Prefeitura de Sumé, representante do Executivo e assessoria do legislativo de São João do Cariri e assessoria da Câmara de Vereadores de Boa Vista, através de Ewerson Marinho. 

A Lei 12.527/11 (Lei de Acesso à Informação no Brasil) sancionada pela Presidenta da República em 18 de novembro de 2011 tem o propósito de regulamentar o direito constitucional de acesso dos cidadãos às informações públicas e seus dispositivos são aplicáveis aos três Poderes da União, Estados, Distrito Federal e Municípios.
CARIRI EM AÇÃO
Marivaldo Alcântara

Câmara aprova licenciatura obrigatória para professor de Educação Física

Da Agencia da Câmara

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputadosaprovou nesta quarta-feira (30), de forma conclusiva, proposta que exige licenciatura em Educação Física para o professor que ministrar a disciplina na educação básica. Atualmente, essa exigência não consta da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB – Lei 9.394/96), apesar de a disciplina ser componente curricular obrigatório da educação básica.

Quanto à formação de professores para atuar na educação básica, a LDB admite a formação mínima em nível médio para o exercício do magistério na educação infantil e nas quatro primeiras séries do ensino fundamental.
De acordo com a matéria aprovada, os sistemas de ensino terão cinco anos, após a publicação da lei, para implementar a medida.
O texto aprovado é um substitutivo da Comissão de Educação aos projetos de lei 6520/09, de Otavio Leite (PSDB-RJ), e PL 7830/10, de Dr. Ubiali (PSB-SP), que tratam do assunto.

A relatora na CCJ, deputada Fatima Bezerra (PT-RN), acredita que a medida deve qualificar o ensino da educação física nas escolas. “O grande desafio da educação brasileira hoje é a qualidade. Não basta só colocar a criança na escola. É preciso que a gente tenha condições e instrumentos para garantir uma aprendizagem efetiva, um ensino de qualidade”, disse.
A proposta segue agora para o Senado, a menos que haja recurso para análise no Plenário da Câmara.
Reportagem - Carolina Pompeu
Edição - Daniella Cronemberger






Brasileira bate recorde ao fazer sexo com 700 homens em 48H


Uma mulher brasileira faz sucesso em Portugal. Diana Ramos, 35 anos, é a atriz pornô conhecida por bater o recorde de ter feito sexo com quase mil homens em 48 horas. No entanto, ela quer mais: seu objetivo agora é fazer sexo com aproximadamente dois mil homens durante a 3ª edição do Eros – Salão Erótico do Porto, que acontece de 4 a 7 de fevereiro em Portugal.
Em entrevista ao jornal Correio da Manhã, de Portugal, ela conta suas experiências eróticas, além de afirmar ter feito sex0 com mais de 700 homens e que cuidou direitinho de todos eles, apesar de não conseguir andar direito no dia seguinte. Eu não me arrependo de nada, diz ela ao repórter.
Adoro sexo, não sei viver sem ele. Todos os dias tenho de fazer amor. É uma necessidade fundamental, diz. Alguns leitores do jornal se pronunciaram e não ficaram satisfeitos com as declarações dadas pela brasileira
Vergonha. Cada dia que passa tenho mais vergonha de ser brasileira. Infelizmente, umas fazem e todas levam a fama, comentou uma leitora. Diana Ramos vive na Itália e afirmou que não liga para os comentários que são feito em relação ao que ela faz.
bahiaextraonline
Postado por A Guilhotina

Deputado defende aprovação do PNE para garantir educação em tempo integral

Gabriela Korossy/Câmara dos Deputados
Seminário Internacional de Educação em Tempo Integral. Cesar Muñoz Jimenez
Seminário internacional promovido pela Câmara discutiu a implantação do ensino em tempo integral.
O presidente da Frente Parlamentar da Educação, deputado Alex Canziani (PTB-PR), ressaltou nesta quarta-feira que, até 2020, o governo tem como meta fornecer educação em tempo integral em 50% das escolas do ensino básico. Mas o cumprimento dessa meta depende da aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE).
O PNE (PLC 103/12) já foi aprovado pela Câmara dos Deputados e agora está no Senado. Entre outras medidas, o plano prevê o uso de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) em investimentos para a educação, “o que dá um importante aporte para o cumprimento da meta”, segundo o parlamentar.
"Temos que buscar esses recursos. Aprovamos agora 75% dos royalties do petróleo para a educação e 25% para a Saúde. Isso já vai dar um incremento de R$ 120 bilhões”, ressalta Canziani. “Hoje o País aplica menos de 6% na educação. Nossa expectativa é 10%. Então, precisamos viabilizar outros recursos para poder atingir essa meta.”
A educação integral foi discutida em seminário internacional na Câmara dos Deputados, promovido pelo Comissão de Educação. O evento contou com especialistas do Brasil, da França, da Espanha e de Portugal, que apresentaram a experiência em seus países.
Escola sem séries
Uma das experiências apresentadas foi a do Projeto Âncora, na cidade de Cotia, na Grande São Paulo. A escola, que tem menos de 200 alunos de 6 a 12 anos, não tem séries e não divide alunos por idade. Esse projeto é financiado por empresas e institutos e atende crianças que moram nas proximidades, de famílias com renda de até três salários mínimos. Além da grade curricular, os alunos têm aula de circo, música, informática e skate e ficam na escola de 7h20 a 16h30.
Melhoras no Ideb
O presidente da Comissão de Educação, Gabriel Chalita (PMDB-SP), ressaltou que a escola de Cotia, em dois anos, duplicou a nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), avaliação feita pelo Ministério da Educação. Ele afirma que a esperança para que outras escolas se pareçam com ela é a votação do Plano Nacional de Educação.
Chalita acredita que o PNE possa ser votado nos próximos meses: "No máximo, no começo do ano que vem, ele será aprovado. Porque, a partir dele, se elaboram os planos estaduais e municipais de educação. Então quando a gente atrasa aqui, atrasa os estados e municípios também. E esses planos – nacional, estaduais e municipais – são uma oportunidade fantástica para que a sociedade discuta educação."
Programa Mais Educação
De acordo com a secretária de Educação Continuada do Ministério de Educação, Macaé Evaristo dos Santos, enquanto o PNE não é aprovado, o programa Mais Educação cumpre o papel de dar aporte para que os municípios comecem a viabilizar a educação em tempo integral.
Segundo ela, já são mais de 49 mil escolas que contam com recursos do programa e que estão funcionando efetivamente em tempo integral. E a meta é levar a educação em tempo integral a 60 mil escolas em 2014. “Mas o programa serve para ajudar, dar aporte aos municípios para que eles possam iniciar programas de educação integral."
Ela destaca que existem experiências de educação integral no Brasil empreendidas por gestores municipais. Citou o exemplo de Apucarana, cidade do Paraná que universalizou o ensino em tempo integral. Para ela, a meta é ambiciosa, mas é necessária e depende principalmente do compromisso de gestores estaduais e municipais de educação. Ao MEC cabe coordenar e orientar.
Reportagem – Luiz Cláudio Canuto
Edição – Newton Araújo

Por Agencia da Câmara

Prefeito quer compensações por danos da mineração

Por Agencia da Câmara

Relator pretende apresentar o relatório preliminar sobre Código de Mineração na semana que vem.
O prefeito de Parauapebas, no Pará, Valmir Queiroz Mariano, e vereadores da cidade apresentaram nesta quarta-feira (30) na Câmara dos Deputados um conjunto de propostas de alterações no novo Código de Mineração. A cidade abriga a maior mina de minério de ferro do mundo, explorada pela empresa Vale.
O prefeito Valmir Mariano quer compensações efetivas pelos danos atuais e futuros da mineração. "Parauapebas é responsável pelo PIB desse País, mas sabemos que toda essa riqueza é efêmera. De repente, nós podemos, em um curto espaço de tempo, deixar de ser o grande polo minerador e ser um polo favelado. O nosso município, ainda na sua maioria, é de casa de madeira coberta de lona preta. Eu costumo dizer que Parauapebas é o quintal da Vale, e um quintal muito mal cuidado".
O relator, deputado Leonardo Quintão (PMDB-MG), informou que pretende dar compensações a municípios que, apesar de não terem minas, sofrem com a exploração dos minérios. "Nós iremos colocar 10% da arrecadação da CFEM (Contribuição Financeira sobre Exploração Mineral) para os municípios impactados pela mineração. O relatório está sendo feito com a participação de todos aqui.
Quintão acrescentou que pretende apresentar o relatório já na semana que vem. “Queremos distribuir para a comissão um relatório preliminar para que os parlamentares possam dar a sua contribuição final também e aprovar esse relatório para brindarmos esse País com uma lei nova que venha a distribuir melhor essa receita e a contribuir com o desenvolvimento do País".
Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados
Audiência pública sobre a importância dos minerais estratégicos, principalmente Nióbio e Terras Raras, no âmbito da proposta do novo Código de Mineração. Presidente do Centro de Tecnologia Mineral - CETEM, Fernando Lins
Lins: é preciso capital humano e tecnologia para pegar o que a natureza deu e transformar em coisa útil para o País.
Nióbio e terras rarasO último debate da Comissão especial do novo Código de Mineração (projetos de lei 37/11 e5807/13) tratou também da importância de minerais estratégicos, como nióbio e terras raras.
O Brasil detém 98% das reservas conhecidas de nióbio no mundo. Esse minério tem aplicação sobretudo na siderurgia, devido a sua capacidade de tornar mais leves os produtos feitos de aço.
Já as terras raras ainda são pouco exploradas, apesar do grande potencial do País. Esse conjunto de minérios tem elevado valor devido ao uso em produtos de alta tecnologia, mas ainda carece de políticas e ações que direcionem sua riqueza para o desenvolvimento do País, segundo o presidente do Centro de Tecnologia Mineral, Fernando Lins.
"O Brasil, de modo geral, tem um bom capital natural per capita, mas isso não quer dizer nada se não for usado para transformar esse País. É preciso capital humano e tecnologia para pegar o que a natureza nos deu e transformar em coisa útil para o País", assinalou o dirigente.
Lins explicou ainda que o conceito de materiais estratégicos já esteve associado a objetivos políticos de países hegemônicos, nos tempos da Guerra Fria, mas que, hoje, é sinônimo de recursos minerais escassos ou muito importantes para determinado país. “O Brasil tem alguns deles em abundância, como é o caso do nióbio (98% das reservas mundiais) e é carente em relação a outros, como o carvão metalúrgico (100% importados), potássio (90%) e fosfato (50%). Quanto às terras raras, já existem algumas articulações dentro do Plano Brasil Maior no sentido de se criar novos negócios e uma cadeia produtiva efetiva no País.
Audiências da comissão
Ao todo, a comissão especial realizou 17 audiências públicas na Câmara e fez outras 18 mesas redondas nos estados, em todas as regiões do País. A intenção dos deputados era cobrir uma lacuna deixada pelo Executivo, que enviou uma proposta (PL 5807/13) de novo Código de Mineração para o Congresso Nacional, em junho, com urgência constitucional, mas sem debatê-la previamente com os setores diretamente interessados.
O tema é complexo e polêmico sobretudo diante dos impactos socioambientais de um setor produtivo importante para a economia do País. O relator, deputado Leonardo Quintão (PMDB-MG), já acatou várias das sugestões apresentadas nas audiências públicas, como, por exemplo, a fixação em 4% da alíquota da Compensação Financeira pela Exploração Mineral, paga a título de royalties ao município produtor de minério de ferro.
Além das audiências públicas e mesas redondas, os deputados da comissão especial também fizeram visitas a empresas e a centros de pesquisa em mineração.

Íntegra da proposta:

Reportagem - José Carlos Oliveira
Edição – Regina Céli Assumpção

Pontal quer ser bairro criativo, com polo cultural e gastronômico

Reunião com moradores do Pontal – foto Divulgação

Moradores do bairro deflagraram, na noite da terça-feira, dia 29, em reunião no Salão Paroquial da Igreja São João Batista, o processo de transformação do Pontal num local com economia criativa, o que inclui a criação de um polo de produção e comercialização cultural e de gastronomia, reunindo artistas, produtores culturais, doceiras, chefes de cozinha e artesãos.
A comunidade pontalense deflagrou, na noite da terça-feira, dia 29, o processo de transformação do Pontal num bairro com economia criativa, o que inclui a implantação de um polo de produção e comercialização cultural e de gastronomia, reunindo artistas, produtores culturais, doceiras, chefes de cozinha e artesãos. A iniciativa, pioneira em Ilhéus, foi consolidada durante uma reunião, no Salão Paroquial da Igreja São João Batista, marcada por uma palestra da coordenadora regional do Sebrae, Claudiana Figueiredo, que falou sobre o conceito de  economia criativa e de bairro criativo, nova maneira de criar um desenvolvimento econômico sustentável baseado no respeito ao talento das pessoas, gerando oportunidade de emprego e renda.
O salão paroquial ficou repleto de moradores do bairro e o evento contou ainda com a presença do prefeito Jabes Ribeiro e do vice-prefeito Carlos Machado (Cacá), que garantiram dar todo apoio ao projeto por meio de programas municipais, a exemplo do Balcão do Empreendedor, que estimula e incentiva as ações ligadas ao empreendedorismo. O vereador Ivo Evangelista (PRB) também participou da reunião. A iniciativa da comunidade do Pontal conta com o apoio do Sebrae, como assegurou a coordenadora Claudiana Figueiredo, ao falar sobre as linhas de crédito que estão à disposição para projetos do tipo que estavam sendo colocados na reunião.   
O Sebrae ainda se colocou à disposição dos interessados que necessitem de orientação e consultoria, além de prometer apoiar a realização de oficinas técnicas para a definição do projeto da Feira Cultural da Praça São João Batista, que faz parte das ações destinadas à inclusão do Pontal no conceito de Bairro Criativo. Na reunião, também surgiu a ideia de um projeto para a criação de audiovisual, como parte da recuperação da memória histórica do bairro, que será centrado na vida da Mãe Amada, parteira que ajudou no nascimento de centenas de pessoas no Pontal, durante décadas do século passado.
Ao final, a reunião transformou-se num congraçamento da comunidade, com o sorteio de vários brindes, desde obras doadas por artistas como Lucia Laguardia e Jane Hilda Badaró, a um painel doado pelo muralista Rildo Foge, além de ofertas variadas do Instituto Nossa ilhéus, dona Zildete, Nádia Ateliê, Pepê, Vilma Massa, Vivian Araújo e Fazenda Almada. Os sorteados tiveram que responder a perguntas feitas pelo historiador José Rezende Mendonça, que, junto com o ativista político e ex-vice-prefeito de Ilhéus, José Henrique Abobreira, faz parte da linha de frente do Movimento Pontalense de Cidadania. As perguntas versaram sobre a história do bairro, baseadas no livro de autoria do próprio José Rezende, intitulado Pontal, Ontem & Hoje – Memórias.
Secretaria de Comunicação Social
Rua Santos Dumont (Anexo das Secretarias), 4º andar, Centro
(73) 3234 3581 ~ www.ilheus.ba.gov.br

terça-feira, 29 de outubro de 2013

4º MUTIRÃO DA COLUNA‏


O que é a Quiropraxia?

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a Quiropraxia é uma profissão da saúde


que lida com o diagnostico, tratamento e a prevenção das desordens do sistema neuro-

músculo-esquelético e dos efeitos destas desordens na saúde em geral. Há uma ênfase em

técnicas manuais, incluindo o ajuste e/ou a manipulação articular, com um enfoque particular

nas subluxações.
 
 

 
 
 
 
Postado na Associação Hernani Sá 

Domingão das Crianças

Domingão da Criança do Hernani Sá - 2013‏
Associação Hernani Sá (associacaohernanisa@gmail.com)
16:39
Para: roberto.corsario@hotmail.com
Imagem de Associação Hernani Sá
De:Associação Hernani Sá (associacaohernanisa@gmail.com)Este remetente está na lista segura.
Enviada:terça-feira, 29 de Outubro de 2013 16:39:26
Para: roberto.corsario@hotmail.com

Mais uma vez a AMBHLS realizou o tradicional “DOMINGÃO DAS CRIANÇAS” evento que tem como objetivo leva alegria a todas as crianças do bairro Hernani Sá e adjacência.

A Praça dos caminhos 41/42 foi o grande palco da festa neste domingo (13/10/13).

Agradecemos aos comerciantes e moradores pela colaboração, ao vereador Roque do Sesp pelo apoio a SEDUR pelo trabalho de limpeza da Praça.

 

Postado na Associação Hernani Sá

Renan quer votar passe livre para estudantes no Senado ainda este ano‏

 
Renan quer votar passe livre para estudantes no Senado ainda este ano
A aprovação da proposta que cria o passe livre para estudantes foi defendida nesta terça-feira (29) pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que pretende votar a matéria na Casa até o fim do ano. Em quase todo o país, os estudantes ainda pagam meia passagem nos transportes coletivos. “É um assunto inevitável. Não tem sentido que quem estuda pague [pelo transporte]. Todo país que está à frente do Brasil já resolveu o problema. Em janeiro haverá aumento das tarifas e o assunto vai engrossar as ruas novamente. O poder público tem que ter responsabilidade de resolver a questão”, avaliou Renan. De acordo com o presidente do Senado, o benefício tem custo estimado de R$ 7 bilhões. Questionado sobre como essa isenção seria financiada, Renan foi direto: “Esse dinheiro terá que vir do Orçamento”. Segundo a Agência Brasil, o projeto que cria o passe livre para estudantes (PLS 248/13), de autoria do próprio Calheiros com outros senadores, está parado desde agosto na Comissão de Constituição e Justiça. Depois de aprovado no Senado, ainda precisará ser apreciado pela Câmara dos Deputados.
Com informações do Bahianoticias
Postado por Blogger no URBIS NOTICIAS

Evento em praça pública encerra Outubro Rosa em Ilhéus





Uma feira na Praça J.J. Seabra reforçou a importância de ações preventivas contra o câncer de mama e ofereceu às ilheenses serviços como aferição da pressão arterial, teste de glicemia, exame citológico, vacina, saúde bucal, distribuição de preservativos, entre outros.

Uma feira sobre prevenção do câncer de mama encerrou a programação do Outubro Rosa em Ilhéus, nesta terça-feira, dia 13, na Praça J.J. Seabra. Neste Dia D, a Secretaria Municipal de Saúde (Sasau) instalou estandes no local, onde além de exames preventivos, ofereceu serviços como aferição de pressão arterial, teste de glicemia, exame citológico, vacina, saúde bucal, distribuição de preservativos, entre outros. O objetivo principal da campanha nacional foi alertar as mulheres para os perigos da doença e de uma descoberta atrasada.
Durante o encerramento da campanha, a ilheense Valéria Cristina Santana destacou a importância das consultas preventivas. “Quanto mais cedo for diagnosticado o problema mais tempo terá para o tratamento, algumas pessoas ignoram os sintomas e quando vão buscar ajuda já está em um estado avançado, aí o procedimento é mais complicado e doloroso”.
Mesmo após o fim do mês de outubro, os atendimentos continuam em qualquer posto de saúde, basta apresentar o cartão do SUS, Registro Geral (carteira de identidade), comprovante de residência e ter mais de 40 anos. Segundo a superintendente técnica da Saúde, Cristiane Bittencourt, quando identificados sintomas, a paciente é encaminhada ao Hospital São José, onde será atendida por especialistas, para realizar os exames complementares como o de confirmação, a mamografia, ultrassonografia dentre outros.
A superintendente explica ainda que o pré-diagnóstico pode ser feito em casa e pela própria pessoa. “A mulher pode se prevenir fazendo o toque, massageando as mamas e, se perceber algum módulo, procurar unidade de saúde mais próxima”.
Mutirão de rastreamento – A diretora de Atenção Básica da Secretaria de Saúde, Bárbara Christian, lembra que as ações de combate ao câncer de mama tiveram início em junho último, quando foi realizado o mutirão de rastreamento através de exames de mamografia, em parceria com a Fundação José Silveira. Cerca de 1.500 mulheres foram atendidas gratuitamente. Algumas que apresentaram alterações na mama já foram encaminhadas para tratamento com médicos especialistas.

Secretaria de Comunicação Social
Rua Santos Dumont (Anexo das Secretarias), 4º andar, Centro
(73) 3234 3581 ~ www.ilheus.ba.gov.br

Relatório de Desempenho dos Vereadores de Ilhéus 2013

Relatório de Desempenho dos Vereadores de Ilhéus 2013-1 é lançado em Painel Anticorrupção

 
Durante o Painel Anticorrupção, parte do I Congresso Integrador Nacional do Programa “O Ministério Público e os Objetivos do Milênio”,  o Instituto Nossa Ilhéus lançou Relatório de Desempenho da Câmara de Vereadores de Ilhéus do primeiro semestre de 2013. Neste relatório, o projeto "De Olho na Câmara de Vereadores" relaciona os projetos de lei, as indicações, os requerimentos e moções apresentados por cada vereador. No relatório, também é feita a categorização destas proposições pelo assunto e pelas localidades. Todos os dados do relatório foram obtidos na Câmara de Vereadores de Ilhéus e no site do Tribunal Regional Eleitoral.
Ao realizar este estudo e fazer a publicação, o Instituto Nossa Ilhéus tem como intuito divulgar informações que são públicas, para que a população em geral tenha conhecimento de quanto cada vereador contribui para a cidade através de suas proposições.
Sendo a divulgação destas informações o maior objetivo, o Instituto se absteve de fazer análise técnica ou de impacto dos Projetos de Lei aprovados por cada vereador, deixando o público em geral tomar conhecimento dos projetos, tirando suas próprias conclusões.
Todo o trabalho do Instituto Nossa Ilhéus no levantamento e sistematização dos dados, estão pautadas no direito do acesso à informação. A partir de maio de 2012, toda informação produzida ou detida pelos órgãos públicos é, por princípio, pública. Ou seja: a transparência é a regra; o sigilo é a exceção.
Essa iniciativa do Instituto Nossa Ilhéus faz parte de suas atividades de Controle Social do poder público constituído. O Controle Social é fundamental para acompanhar as atividades do poder público, demandar maiores resultados e transparência em sua atuação, e por isto, é uma medida anticorrupção.
Link da notícia: http://nossailheus.org.br/ver.php?n_id=766&u=relatorio_desempenho_vereadores_2013_primeiro_semestre_de_olho_na_camara_de_vereadores/

domingo, 27 de outubro de 2013

Candidato que tirar e postar fotos do Enem será eliminado, diz ministro


O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, alertou na sexta-feira (25) que o governo vai monitorar as redes sociais para identificar e excluir os candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que usarem o celular dentro das salas de prova para publicar na internet fotos e outras informações sobre o exame. "Não tentem postar imagem no início do exame, porque você vai ser identificado, acredite nisso", afirmou Mercadante. O Enem será neste sábado (26) e domingo (27) para mais de 7,1 milhões de candidatos inscritos.
O ministro lembrou que em 2012 o MEC expulsou 65 candidatos que postaram nas redes sociais fotos do cartão de respostas e da sala de provas, mesmo que em nenhuma delas havia fotos das questões da prova. "Nós temos um monitoramento bastante eficiente, muito detalhado e ano passado em questões de minutos identificávamos quando o candidato postava uma foto e ele era retirado da prova e tinha sua prova anulada. Vamos manter esse acompanhamento."
 Segundo ele, se o candidato utilizou o celular depois que entrou no local de prova, "ele cometeu infração, está prevista no edital e a penalidade é perder o exame. Na hora que ele entrou ele desligar o celular, vai colocar no saco qualquer equipamento eletrônico", afirmou.
O governo nega, entretanto, que pratica a espionagem dos dados pessoais dos candidatos. "Nosso trabalho aqui não é tão eficiente quanto o do Obama, mas é bom. E é uma razão republicana, preservar o exame. Não estamos espionando a vida de ninguém. Nós só queremos que o exame seja feito nas mesmas condições por todos." Mercadante diz que o monitoramento das redes sociais identifica apenas as informações divulgadas publicamente pelos candidatos e "não viola os direitos de quem quer que seja".

Recomendações
O ministro da Educação recomendou aos estudantes que eles tenham tranquilidade para fazer as provas neste fim de semana, mas que "prestem atenção nas recomendações que o MEC e o Inep estão fazendo para as provas de amanhã e domingo". Veja a seguir os cuidados que o ministro recomendou as candidatos:

Horário: "É muito importante os estudantes chegarem com antecedência, com tranquilidade, para não ter nenhum imprevisto, para a gente não ver aquelas cenas que ocorrem todos os anos daqueles que nao foram precavidos e chegaram atrasados", afirmou Mercadante. Os portões serão fechados às 13h do horário de Brasília, e os candidatos que farão a prova em estados com fuso horário diferente devem ficar atentos ao horário local do Enem.

 Documentos: "A outra coisa que é indispensável é o documento para fazer o exame", alertou. Segundo ele, todos os candidatos devem apresentar um "documento oficial com fotografia" para poder ter acesso à prova. Entre os documentos aceitos Mercadante citou o RG, a carteira de ordem ou de um conselho de classe, desde que tenha validade, o certificado de reservista, o passaporte, a carteira de trabalho, a identidade funcional ou a identidade de estrangeiros, expedida pelo Ministério de Relações Exteriores. Segundo o ministro, quem perdeu ou teve os documentos furtados pode apresentar um Boletim de Ocorrência expedido no máximo até 90 dias antes do Enem.

Caderno de provas: Mercadante lembrou que os candidatos só poderão sair da sala de provas com o caderno do exame quando faltarem 30 minutos para o prazo final da prova. Ele lembrou ainda que só será permitido sair da sala duas horas após o início da prova. "Ele vai ter que ficar duas horas no mínimo para fazer a prova, e se ele quiser levar a prova, o caderno de questões, para fazer uma análise depois do exame, esó poderá levar faltando 30 minutos para o fim do exame."

Prova de redação: Ao ser questionado sobre as mudanças do edital em relação à prova de redação, o ministro afirmou que os candidatos "já receberam o Guia da Redação", que tem, segundo ele, "exemplos das boas práticas". Neste ano, a principal mudança é a maior rigidez com todas as formas de deboche identificadas pelos corretores, que a partir deste ano renderá ao candidato a nota zero. "Nós seremos bem rigorosos com essas questões."

 Atendimento especial: Segundo o ministro, o MEC deu atenção especial neste ano às candidatas que estão grávidas e correm o risco de dar à luz nos dias do exame. "Nós temos  previsão de parto para esses dias. Temos cerca de 359 cidades, onde todos os municípios que têm grávidas e que nos avisaram, nós ligamos uma a uma." Um sistema de plantão de acolhimento foi criado para acompanhar essas candidatas. "Espero que [o trabalho de parto] seja depois do exame. Se eventualmente acontecer no horário da prova, tomamos essas providências."

Imprevistos: Mercadante reiterou que o Ministério da Educação tem acompanhado de perto as condições climáticas e outros incidentes que possam afetar os locais de prova no fim de semana, como o incêndio que atingiu 250 casas na Zona Leste de Maceió na quarta-feira (23) e as chuvas na Região Sul. "Em todos os incidentes que tivermos até agora as providências foram tomadas e os candidatos foram avisados", explicou ele. Caso no sábado ou no domingo algum local de prova ficar inviabilizado para receber os candidatos do Enem, Mercadante disse que todos os candidatos alocados ali serão avisados e que o MEC oferecerá o transporte dessas pessoas a outro local de provas.

Sobre as provas
O Enem é feito em dois dias de provas e tem no total 180 questões de múltipla escolha e uma redação. No primeiro dia (26 de outubro), as provas serão de ciências da natureza e humanas, cada uma com 45 questões. No domingo (27 de outubro), os candidatos serão avaliados em matemática e linguagens, cada uma com 45 questões, e também terão de fazer uma redação. Também nesse segundo dia é feita a prova de língua estrangeira, segundo a opção feita pelo participante no momento da inscrição.

Neste ano estão inscritos 7.173.574 candidatos, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep). O número de inscritos para a prova deste ano superou o recorde anterior, de 2012, que era de 5.971.290 pessoas.
Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados na página do Inep, no endereço eletrônico http://portal.inep.gov.br/enem, até o dia 30 de outubro de 2013. A data do resultado individual ainda não foi divulgada.
Postado por Efe Cinco

Zé dengoso é preso após furtar cinco repelentes no supermercado Meira.















Um homem  identificado como Zé (foto) foi preso nessa sexta-feira, dia 25, em Ilhéus, quando tentava roubar váriosrepelentesem uma das lojas do Supermercado Meira. Zé escondeu os produtos do roubo na bermuda, mais quando tentou fugir, foi abordado pelo segurança do Supermercado que acionou a polícia. Durante entrevista o meliante confessou ao jornalista Ednei que furtou com medo de ser picado pelo mosquito da dengue
. Zé dengoso foi levado por polícias para a delegacia, onde registrou-se o flagrante. Por: Ednei Bomfim, no Blog Maria.

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Maioria das praias de Ilhéus está apropriada para o banho

Praia de Olivença - Foto Gidelzo Silva Secom Ilhéus
Segundo relatório de diretoria do Inema, as praias da Barra de são Miguel, do Malhado, da Avenida, Praia do Cristo, do Opaba, do Ceplus, Praia dos Milionários, do Cururupe e de Olivença estão apropriadas para o banho de mar, havendo restrições somente para uma área da Praia do Marciano, no bairro do Malhado
Em Ilhéus, neste final de semana, apenas um trecho da Praia do Marciano (nas proximidades do Bar Litrão), não está apropriada para o banho de mar, de acordo com relatório da Diretoria de Fiscalização e Monitoramento Ambiental (Difim), do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), órgão vinculado à Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema). Segundo o relatório, as praias da Barra de São Miguel, do Malhado, da Avenida, Praia do Cristo, do Opaba, do Ceplus, Praia dos Milionários, do Cururupe e de Olivença, estão aprovadas e são consideradas apropriadas para banho.
O diagnóstico das condições de balneabilidade do município de Ilhéus é obtido mediante o recolhimento de amostras, nas praias da Barra de São Miguel, Marciano, Malhado, Avenida, Cristo, Opaba, Milionários, Olivença e Cururupe, 100m antes lançamento da Ceplus e 100m depois lançamento da Ceplus. As informações estão disponíveis no site da Prefeitura Municipal de Ilhéus (www.ilheus.ba.gov.br) e, para ter acesso, basta colocar o indicador de mouse no link Nosso Município, clicar em Espaço do Turista, e depois, em Litoral.
Segundo o site Clima e Tempo, o fim de semana do ilheense será propício à praia com sol forte, e sem previsão de chuva. Mas, é bom lembrar que sempre é aconselhável nadar apenas em áreas supervisionadas por salvas vidas, e de preferência, sempre acompanhado. É importante consultar o agente de salvamento marítimo para saber as condições da maré para o banho e para o surfe antes de entrar na água, e informar qualquer irregularidade observada.
Atualmente, o efetivo do Corpo de Salva-Vidas de Ilhéus atua entre as localidades de Mamoan e Águas de Olivença, trecho que envolve cerca de 60 quilômetros de litoral. Além das praias do Cristo, da Concha e da área próxima à Catedral de São Sebastião, o trabalho também é realizado em Jóia do Atlântico, Norte 1 (Cabana Iemanjá), no Norte, e Opaba, Soro Caseiro, Vó Eró, Gabriela, Batuba e Cai N’água, no Sul.
Ainda é importante tomar alguns cuidados básicos para prevenir doenças e evitar acidentes, como o uso do filtro solar e a reaplicação a cada hora; beber bastante líquido, pois a pele desidrata no verão; evitar ingerir bebidas alcoólicas ou alimentos pesados antes e durante o banho de mar; se for pego por uma corrente, nadar diagonalmente a ela até conseguir escapar; não mergulhar em águas desconhecidas ou quebrando raso; não levar objetos quebráveis para a praia e, se encontrá-los, colocá-los nas cestas de lixo.

Secretaria de Comunicação Social
Rua Santos Dumont (Anexo das Secretarias), 4º andar, Centro
(73) 3234 3581 ~ www.ilheus.ba.gov.br

Ilhéus terá recursos de R$ 62 milhões em obras de saneamento e infraestrutura

Um dos mais antigos e importantes bairros de Ilhéus, o Pontal deixará, finalmente, de depender do sistema de fossas sépticas - Foto José Nazal
 
Verba será aplicada no esgotamento sanitário da Bacia do Pontal, na melhoria dos morros de Ilhéus, além de pavimentação e qualificação de diversas ruas da cidade
O prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, confirmou na manhã desta sexta-feira, dia 25, que o município teve importantes obras de saneamento básico e de infraestrutura urbana selecionadas pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), que representarão um total de investimentos do governo federal de R$ 62 milhões e 315 mil reais. Daquele total, R$ 43 milhões, 565 mil reais serão para a obra de esgotamento sanitário da Bacia do Pontal, uma das mais antigas reivindicações daquela comunidade, e R$ 18 milhões, 750 mil reais serão aplicados na pavimentação e na qualificação de vias urbanas, incluindo diversos bairros e morros da cidade.
 
Jabes Ribeiro destacou a importância das obras e o impacto que as mesmas terão na melhoria da qualidade de vida da população. “No que tange ao esgotamento sanitário, que ficará sob a responsabilidade da Embasa, é importante dizer que o sistema de fossa não traduz a grandeza de Ilhéus e do bairro do Pontal. Por isso, a importância de anunciarmos, depois de muitos anos de reivindicação, a realização de uma intervenção dessa magnitude”, comentou.
 
Após comemorar o anúncio dos recursos, feito na última quinta-feira, dia 24, pela presidente Dilma Rousseff, o prefeito de Ilhéus agradeceu o apoio do governador Jaques Wagner, do secretário da Casa Civil do Governo do Estado, Rui Costa, a quem classificou como um importante parceiro da população ilheense, e de seus colegas do Partido Progressista (PP), os deputados federais Mário Negromonte, presidente regional da legenda, e João Leão. “Para a captação desses recursos tão importantes para o nosso município, foi fundamental o apoio político dos deputados, que me acompanharam em diversas audiências com o ministro das Cidades,Aguinaldo Ribeiro”, ressaltou Jabes Ribeiro.
 
Com relação à pavimentação e qualificação de vias, em diversos bairros, o prefeito ressaltou a oportunidade dos serviços diante da expansão urbana que a cidade vem experimentando nos últimos anos associada aos futuros projetos de desenvolvimento do complexo intermodal. Além do esgotamento sanitário do Pontal, o governo municipal também trabalha para obter, novamente junto ao PAC-2, recursos para a Litorânea Norte (Bacia do Malhado). Segundo ele, a ideia é que a área seja beneficiada com obras, que deverão incluir a cobertura do canal ali existente e a execução das ligações domésticas a um sistema de esgotamento sanitário.
 
OUTROS INVESTIMENTOS- O prefeito Jabes Ribeiro lembrou, mais uma vez, do trabalho que vem sendo empreendido para que outras obras importantes para Ilhéus também sejam materializadas. Ele citou a execução de um amplo recapeamento asfáltico em várias ruas e avenidas da cidade e a construção, no bairro do Banco da Vitória, do novo Hospital Regional de Ilhéus. E salientou, ainda, que um grande esforço vem sendo envidado pelo governo municipal para viabilizar recursos que garantam a reforma do Teatro Municipal de Ilhéus (TMI) e a recuperação da Biblioteca Pública Adonias Filho.

Secretaria de Comunicação Social
Rua Santos Dumont (Anexo das Secretarias), 4º andar, Centro
(73) 3234 3581 ~ www.ilheus.ba.gov.br

Horário da coleta de lixo em Ilhéus

Separar devidamente o lixo doméstico e disponibilizá-lo no horário correto da passagem do carro coletor é uma ação simples, que reduz danos ao meio ambiente e à saúde do homem.
 
Com base nisso, a prefeitura de Ilhéus publicou o horário da coleta no município. Confira:
 
A partir das 7 horas – Nelson Costa, Hernani Sá, Nossa Senhora da Vitória, Ilhéus II, Barreira, Prôa/São Francisco, Olivença, Jairi, Acuípe, Águas de Olivença e Santo Antônio de Pádua, Basílio, Luiz Gama, Rua do Cano, Iguape, Savóia, São Miguel, São Domingos, BA-001, Juerana, Avenida Esperança, Mar e Sol, Jóia do Atlântico, Tulha, Ponta do Ramo, Mamoan, Sargi, Princesa Isabel, Vilela, Vila Nazaré e Barra.
 
14h às 15h – Cidade Nova, Centro, Outeiro de São Sebastião, Conquista, Carneiro, Teresópolis, Rua do Café, Belmonte, Boa Vista, Alto Formoso, Paquetá, Coqueiro, Amparo, Marciano, Litorânea Norte, Parque Infantil, Avenida Uberlândia, Malhado, Avenida ACM e Lindolfo Collor, Rodoviária, BR 415, Minha Casa Minha Vida, Banco da Vitória, Vila Cachoeira, UESC, Salobrinho, Tapera e Avenida Itabuna.
 
18h às 19h – Pontal, Sapetinga, Jardim Pontal, Jardim Atlântico, Ceplus, Praias do Sul, Nova Brasília, Gabriela, Vog João de Goés.
 
Coleta seletiva – Recentemente a Sema promoveu na Associação Centro Educacional de Ação Integrada (ACEAI), no Bairro de Nossa Senhora da Vitória, uma ação educativa, com o objetivo de orientar as crianças sobre a forma correta do descarte dos resíduos sólidos e incentivar o reaproveitamento dos inservíveis em Ilhéus. O órgão disponibilizou lixeiras para coleta seletiva, com cores e nomes de materiais para a escola.
Postado por Aguilhotina

Educação deve votar exame nacional de professores este ano, diz relatora

A proposta que estabelece um exame nacional para os professores da educação básica (PL 6114/09) deverá ser votada pela Comissão de Educação até o final deste ano. A informação é da relatora do projeto, deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO).

 
O texto, já aprovado pelo Senado, cria o chamado Exame Nacional do Magistério da Educação Básica (Enameb), com inscrição voluntária e gratuita. Na prova, seria analisada a evolução do conhecimento de cada professor em ciclos de cinco anos.
 
Professora Dorinha não adiantou qual será sua posição sobre o tema, mas já se mostrou favorável a uma avaliação dos professores. “A avaliação é importante na perspectiva de correção de rumos, mas é preciso olhar o projeto com atenção. O teste não deve ser um fim em si mesmo”, ponderou. Ela anunciou que deverá entregar seu relatório sobre a proposta ainda na primeira quinzena de novembro.
 
A declaração foi feita durante audiência pública sobre o tema realizada na Câmara dos Deputados, nesta quinta-feira (24). No encontro, o diretor de Valorização dos Profissionais da Educação do Ministério da Educação, Antônio Roberto Lambertucci, afirmou que a proposta “representaria mais ônus, sem a devida eficácia”. Os professores, argumentou ele, “já passam hoje por uma série de avaliações, na graduação, no concurso público, no fim do estágio probatório e nas avaliações periódicas de desempenho. Um exame nacional padronizado não auxilia nesse processo”, completou.
Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados
Audiência pública para tratar de temas relacionados ao PL nº 6.114/2009, do Senado Federal, que institui o Exame Nacional de Avaliação do Magistério da Educação Básica (ENAMEB). Diretor de Valorização dos Profissionais da Educação do Ministério da Educação (MEC), Antonio Roberto Lambertucci
Lambertucci: exame seria mais um ônus, sem vantagem para o sistema de ensino.
 
A deputada Professora Dorinha, no entanto, lembrou que poucos estados já executam a avaliação periódica de desempenho dos professores. A medida está prevista na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei 9394/96), que foi editada há 17 anos, mas “ainda não está consolidada na prática”, segundo ela.
 
Diversidade
Lambertucci também argumentou que a medida não levaria em conta a diversidade do sistema educacional brasileiro, o que prejudicaria a avaliação do desempenho dos professores: “A avaliação é um instrumento complexo, que deve ser feita no contexto cultural e social em que se insere cada professor”.
 
Sobre esse ponto, Professora Dorinha observou que os alunos da educação básica já passam hoje por um exame nacional padronizado, que serve para compor o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). “Se podemos avaliar nacionalmente os alunos do ensino médio e do ensino fundamental por meio de uma base nacional comum, por que não podemos fazer o mesmo com os professores?”, questionou.

Íntegra da proposta:

Edição – Dourivan Lima

Fonte: Agencia da Câmara