segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Saúde de Ilhéus alerta para os sintomas da Dengue, Zika e Chikungunya



Apesar das semelhanças, cada caso tem particularidade que interferem no tratamento
 Com a presença de diferentes tipos de doenças transmitidas pela picada do mosquito aedes aegypti, a Secretaria de Saúde (Sesau) de Ilhéus alerta à população sobre os sintomas relacionados a cada situação, que facilitam no diagnóstico e tratamento do paciente infectado. De acordo com o diretor de Vigilância à Saúde da Sesau, Antônio Firmo,apesar das semelhanças, algumas diferenças podem ser percebidas.
O zika raramente tende a oferecer as complicações que são normais na dengue, por exemplo”, destaca Firmo. Os sintomas desse vírus são comumente, febre, dores e manchas no corpo e também pode apresentar diarreia e sinais de conjuntivite. Já o paciente com Chikungunya apresenta febre acima de 39 graus de início repentino e dores intensas nas articulações, que podem persistir por meses.
“Velha conhecida dos brasileiros, a dengue apresenta sintomas variados como cansaço extremo e mal-estar, febre alta de 39 ou 40ºC, dor de cabeça, no fundo dos olhos e em todo o corpo e enjoos e dor abdominal”, explica o médico. Segundo o secretário de Saúde, Antonio Ocké, o diagnóstico de cada doença é de suma importância, porque facilita no momento que os profissionais médicos vão orientar o tratamento.
Ocké salienta que, apesar de os sintomas serem parecidos, o tratamento é diferente para cada doença, por isso a importância de, ao sentir sintomas semelhantes aos já citados, procurar imediatamente o Pronto Atendimento de da Dengue, Zika Vírus e Chikungunya, que funciona no bairro Cidade Nova, nas imediações do Centro de Convenções, na região central. O posto está aberto de segunda a sábado, das 7 às 17h.
Perigos e Complicações
Dengue - A principal complicação é a desidratação grave, que ocorre sem a pessoa perceber. Por isso, é importante tomar bastante líquido.
Chikungunya - Permanência, por longo tempo, das dores e inchaço nas articulações, às vezes impedindo as pessoas de retornarem às suas atividades cotidianas.
Zika - As complicações mais observadas têm sido as manifestações neurológicas como paralisia facial e fraqueza nas pernas.
 Secretaria de Comunicação Social – Secom.

Nenhum comentário:

Postar um comentário