quarta-feira, 18 de maio de 2016

Ilheenses vão fazer história como condutores da Tocha Olímpica














Lista de condutores do fogo olímpico em Ilhéus inclui pessoas que atuam nos mais diferentes setores da sociedade
 No dia 21 de maio, próximo sábado, a Tocha Olímpica chega a Ilhéus e, para conduzi-la, foram selecionadas cerca de 30 pessoas dentre as quais boa parte nasceu ou vive na cidade. Os condutores, que irão representar diversos setores da sociedade, foram escalados mediante indicação dos patrocinadores e da Prefeitura, em concursos realizados pela internet, levando em conta a identificação com sua terra natal ou a contribuição para o desenvolvimento do esporte, por exemplo.
 Entre os condutores que vão participar da festa em Ilhéus estão Jorge Moreno, 23 anos, estudante de Comunicação e Marketing; Juliana Costa, 41 anos, e Luciana Melo, 37 anos, bancárias selecionadas pelo Bradesco, uma das empresas patrocinadoras das Olímpiadas Rio 2016; Maria Mendonça, 57 anos, ativista social; Rivelino Leite, 42 anos, bombeiro, praticante do remo livre há mais de 40 anos.
 Jocélio de Jesus, 48 anos, surfista profissional; Alberto Kruscewsky, 52 anos, professor universitário e árbitro olímpico de atletismo; Edson Prazeres, 32 anos, policial militar e estudante de educação física; Fernanda Lopes, 32 anos, administradora e Paulo Ramos, 45 anos, engenheiro, ambos selecionados pela General Eletric, empresa parceira.
 Daniel Rocha, 32 anos, social media e web design, entusiasta do basquete em Ilhéus; Jorge Paranhos, 44 anos, agente de trânsito. Além destes há ainda: Luciana Alves, Edineide Souza, Evandro de Almeida, Mauricio Ferreira, Adrielle da Silva, Marly Brito de Lima, Caroline Lima e Cristian Calcutta.
 Para o secretário municipal de Turismo e Esporte, Josenaldo Cerqueira, o time escalado para conduzir a tocha em Ilhéus é bastante diversificado e vai representar bem a cidade, “contribuindo para uma festa linda, que está sendo organizada com muito afinco e que, com certeza, vai entrar para a história de nossa cidade”.
 Secretaria de Comunicação Social – Secom.

Um comentário:

  1. Sem desmerecer os escolhidos, claro cada um dentro do seu merecimento, porém não poderei calar-me diante da ausência de um dos baluarte do esporte da cidade de Ilhéus, Sízinio Rosas Barros, alicerce nos tempos de outrora do remo nesta cidade, professor formador de tantos profissionais da educação física que militam entre academias e escolas em nossa cidade e região. Quem sois para questionar aos escolhidos, porém inquieto-me em não ver o preenchimento dessa lacuna mensurável de parte da história do esporte de Ilhéus.

    ResponderExcluir