segunda-feira, 13 de junho de 2016

Corpos de crianças mortas em incêndio de casarão em Cachoeira são encontrados

Os irmãos, de 3 e 5 anos, estavam dentro do casarão quando o fogo começou, na tarde de domingo

Da Redação (redacao@correio24horas.com.br)
(Foto: Fábio Santos/Voz da Bahia)
Os corpos dos irmãos Juracir Arthur Melo de Moura, 4 anos, e Allan Abner Melo de Moura, 3, que morreram em um incêndio em Cachoeira, no Recôncavo, foram encontrados pelos bombeiros na tarde desta segunda-feira (13).
Os irmãos estavam dentro do casarão quando o fogo começou, na tarde de domingo. Segundo a assessoria dos bombeiros, os corpos foram retirados do local por volta das 15h. Eles foram levados ao Departamento de Polícia Técnica de Santo Amaro e de lá encaminhados para o DPT de Salvador, onde passarão por exame de DNA para confirmar a identificação, já que os corpos estão carbonizados. 
Os bombeiros continuam no local fazendo rescaldo e ainda farão parte da perícia que irá determinar as causas do incêndio. 
Segundo Alex Conceição, sargento da Polícia Militar de Cachoeira, os bombeiros de Feira de Santana e Santo Antônio de Jesus só chegaram na cidade cerca de 1h30 após o chamado.
Por outro lado, a assessoria do Governo do Estado disse ao CORREIO que os bombeiros iniciaram o trabalho 40 minutos após serem solicitados. Cachoeira fica a 73 quilômetros de distância de Feira.
"Eu conheci Cachoeira. Quando estive na Bahia, passei uns dias lá. O trauma que esta cidade está vivendo é enorme. Foi um dia que começou, com Orlando e se encerrou com a tragédia caseira de Cachoeira. A nossa dor de todos os dias. A falta de caso. Não ter um corpo de Bombeiros numa cidade de 35 mil pessoas é inadmissível", lamentou a atriz Sônia Braga em sua página do Facebook.
Cidade sem bombeiros
Durante um evento na manhã desta segunda-feira (13), o governador Rui Costa disse não ter estrutura para instalar Corpo de Bombeiros em todas as cidades baianas. Ele ainda questionou a presença da família que residia naquele casarão.

"Não conseguimos constituir um estado capaz de ofertar um corpo de bombeiros em todas as cidades. Diferente de muitas cidades, lá fora a gente não tem um Corpo de Bombeiros formado por voluntários, que aí seria possível ter bombeiros em todas os municípios, apenas com a coordenação e a direção profissionalizada. Não temos isso", disse o governado do estado.
Ele disse, ainda, que falou por mensagem com o prefeito de Cachoeira. Na conversa, o gestor do município cobrou a instalação de uma corporação no município que havia sido prometida.
"Tudo bem, não instalou. Mas é aceitável que aquelas famílias de sem teto estivessem morando naquele casarão?! São casarão dos séculos XVIII, XVII, constituído quase todo de madeira e em que a combustão é quase instantânea, eu não sou especialista, mas a combustão é rápida. São famílias que viviam sem energia elétrica ligada, sem gás para o cozimento dos alimentos e lidando com fogareiros", questionou Rui Costa.
(Foto: Reprodução/Facebook)
Os Corpos de Bombeiros de Feira de Santana e Santo Antônio de Jesus, acionados para atender à ocorrência, aguardaram durante toda a manhã a chegada do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Amaro para localizar as duas crianças desaparecidas. 
A delegacia da cidade confirmou, no final da manhã, que as crianças morreram no incêndio. Ainda de acordo com a delegacia, os corpos só serão retirados após o imóvel ser escorado, já que existe risco de desabamento. 
As crianças, dois meninos de 3 e 5 anos, estavam no andar de cima do imóvel. A polícia acredita que o incêndio tenha começado no quarto em que elas estavam.
“A gente viu a mãe no desespero. A parte de cima da casa estava toda em chamas, a escada de acesso nem existia mais, foi toda queimada. Era um feriado, todo mundo em casa, não tinha gente na rua pra ver”, relatou Alex Conceição, sargento da Polícia Militar de Cachoeira.
Segundo o sargento, quando a mãe, Adelita de Melo, 39, abriu uma das portas da casa, as chamas vieram diretamente no rosto e ela não conseguiu retirar as crianças.
Ainda de acordo com a polícia, um outro prédio que funcionava como loja de eletrodomésticos também foi atingido pelo fogo. Os policiais não souberam informar se a idosa resgatada do incêndio tinha relação com a mãe e as crianças.
Casarão ficou destruído pelo fogo (Foto: Divulgação/ PM Cachoeira)
 Segundo a Santa Casa De Misericórdia De Cachoeira, no domingo, um jovem deu entrada ferido por queimaduras enquanto ajudava no socorro às vítimas. O rapaz, que não teve o nome divulgado, sofreu queimaduras de grau 1, recebeu medicação e curativos e teve alta no mesmo dia. Nenhum outro morador foi atendido no hospital.
* Colaborou o repórter Alexandro Mota e Kivia Souza
Postado por http://www.correio24horas.com.br/detalhe/bahia/noticia/corpos-de-criancas-mortas-em-incendio-de-casarao-em-cachoeira-sao-encontrados/?cHash=3e5733a01c5f5c95c86fdc8e027b4bc7

Nenhum comentário:

Postar um comentário