sábado, 4 de junho de 2016

Prefeito de Ilhéus propõe suspensão da greve dos rodoviários até nova negociação na segunda-feira







Diante do impasse, o prefeito Jabes Ribeiro convidou representantes dos trabalhadores e dos empresários para reunião no Gabinete.
Diante da iminência de greve no setor de transporte coletivo do município de Ilhéus, em virtude do impasse na negociação entre trabalhadores e empresários, o prefeito Jabes Ribeiro propôs, após ouvir separadamente as partes, no final da tarde de hoje, 3 de junho, a suspensão da greve até uma reunião de conciliação a ser realizada na próxima segunda-feira, dia 6.
Ao retornar, na tarde hoje, de período de licença médica, o prefeito de Ilhéus, considerando a possibilidade da paralisação do setor de transporte público, convidou os representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários, liderados pelo presidente Gustavo Silva Santana, e da Associação das Empresas de Transportes de Ilhéus (Atranspi) para apresentarem os argumentos que levaram ao impasse. 
“Somos democratas, respeitamos o direito de greve, mas estamos considerando a defesa da comunidade, do comércio em geral, e, nesse sentido, manifestamos todo o interesse de contribuir na busca de uma negociação que resolva o problema”, declarou o chefe do Poder Executivo. Ribeiro, porém, afastou qualquer possibilidade de majoração da tarifa.
Os trabalhadores e empresários do setor de transporte coletivo de Ilhéus discutem há cerca de dois meses uma pauta de negociação que envolve índices de reajuste salarial e do ticket alimentação. Mas somente agora o impasse gerou possibilidade concreta da greve.  Segundo os próprios sindicalistas, pela primeira vez um prefeito intercede na negociação entre as partes na tentativa de evitar a paralisação do setor de transportes, o que gera prejuízos a toda a comunidade.
 Secretaria de Comunicação Social-Secom

Nenhum comentário:

Postar um comentário