quinta-feira, 2 de junho de 2016

Ilhéus: Ministério Público apoia ação fiscalizadora do transporte ilegal




As autoridades informam que a ação fiscalizatória é uma atividade em defesa da segurança da população
A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito(Sutran) da Prefeitura de Ilhéus, em parceria com as polícias Militar e Civil e o Ministério Público, iniciou, nesta quarta-feira, uma ação de fiscalização em veículos que trafegam na cidade. De acordo com o superintendente de Trânsito, Paulo Machado, as blitzen foram realizadas na Avenida Itabuna (proximidades do terminal rodoviário). Na ação, policiais militares abordaram mais de 60 veículos. Desse total, cinco foram apreendidos por estarem realizando transporte clandestino de passageiros.
Por sua vez, o representante do Ministério Público do Estado (MPE), promotor Paulo Figueiredo, declarou que o órgão presta total apoio à ação fiscalizadora contra o transporte ilegal. “O Ministério Público do Estado da Bahia, por meio da 11ª Promotoria de Justiça de Ilhéus, vem informar o integral apoio à luta contra o transporte clandestino realizado pela Sutran, com o auxílio da Polícia Militar”, disse.
De acordo com o promotor público, a “referida ação se mostra imperiosa e estratégica para a retomada da legalidade no sistema de transporte público de Ilhéus, o qual se encontra bastante prejudicado pela ação criminosa de terceiros, os quais insistem em realizar esse tipo de atividade, ao arrepio da lei”. O representante do MPE acrescentou: “A defesa de um sistema de transporte eficiente e equilibrado é responsabilidade de todos, e nesse sentido o guardião do ordenamento jurídico e dos cidadãos cumprirá de forma de forma inflexível seu dever institucional."
Sutran – O superintendente da Sutran, Paulo Machado salienta que os condutores foram autuados na lei de contravenção penal, encaminhados à delegacia de Polícia Civil e os veículos levados para um estacionamento credenciado. A ação foi acompanhada pelo comandante da 70ª Companhia Independente de Polícia Miliar (CIPM), Major Rivas. “Essas fiscalizações vão continuar com o intuito de inibir o transporte clandestino, que coloca em risco a segurança e, por vezes, a vida dos passageiros”, finaliza o superintendente.
 Secretaria de Comunicação Social – Secom.

Nenhum comentário:

Postar um comentário